Trabalho toxicologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 16 (3929 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Introdução

O isocianato de metila é um produto utilizado na síntese de produtos inseticidas, comercialmente conhecidos como Sevin e Temik, da família dos carbamatos, utilizados como substitutos de praguicidas organoclorados, como o DDT.
Em condições normais, o isocianato de metila é líquido à temperatura de 0 °C e pressão de 2,4 bar.
[pic]
Quem aspirar o isocianato de metila em forma de gásé submetido a uma morte lenta e aterrorizante. Como o veneno reage ao entrar em contato com a água, o ataque químico toma-se mais duro na exata medida em que o organismo secreta líquidos para se proteger da agressão. Nos olhos, por exemplo, assim que o lacrimejar fica mais intenso a córnea é atacada com tamanha ferocidade que chega a perder a transparência, tomando-se opaca e ocasionando acegueira, só reversível mediante transplantes. O mesmo efeito pode ser sentido na boca, no nariz e nos pulmões.
Dentro do corpo, o isocianato de metila segue seu curso de destruição. Ao penetrar nos pulmões faz entupir os alvéolos, impedindo a passagem do oxigênio para a corrente sanguínea. As vítimas de Bhopal, assim, morreram com a sensação de que estavam se afogando. De nada adianta dar oxigênioextra à vítima, pois os alvéolos mantêm-se bloqueados. O isocianato tem a capacidade de dissolver algumas enzimas do organismo, principalmente a colinesterase, substância importante no processo de contração muscular. Sem essa substância, ocorrem convulsões involuntárias, torpor, confusão mental e a vítima entra em coma. Sabe-se que, a longo prazo, o composto tóxico está associado ao surgimento daagranulocitose, que diminui a capacidade da pessoa de enfrentar infecções.

Na madrugada de 03/12/1984, uma nuvem tóxica de isocianato de metila causou a morte de milhares de pessoas na cidade de Bhopal, a capital de Madya-Pradesh, na Índia central. A emissão foi causada por uma planta do complexo industrial da Union Carbide situada nos arredores da cidade, onde existiam vários bairros marginais.Nesta nuvem havia 40 toneladas de gases letais que vazaram de uma fábrica de pesticidas da Union Carbide, hoje pertencente à Dow Química. No desastre, 20 mil pessoas foram mortas. Além disso, ao menos 150 mil sofrem hoje de doenças crônicas resultantes do vazamento, e 20 mil permanecem sob o risco de serem envenenados pelo lixo tóxico deixado no local, queinclui vários tipos de poluentes orgânicos persistentes (POPs) e metais pesados, como mercúrio, de acordo com estudos científicos do Greenpeace realizados em 1999, 2002 e 2004. Os sobreviventes e suas crianças ainda sofrem de problemas de saúde como câncer ou tuberculose, ou defeitos de nascimento.
Na noite do acidente, a pressão dos tanques de armazenamento se elevou mais de 14 bar e a temperaturados reservatórios se aproximou de 200º C. A causa provável do aumento da pressão e da temperatura foi atribuída à entrada de água num dos tanques causando uma reação altamente exotérmica.

Os vapores emitidos deveriam ter sido neutralizados em torres de depuração; porém, como uma destas torres se encontrava desativada, o sistema não funcionou possibilitando assim a liberação do produto para aatmosfera.

Estima-se que ocorreram por volta de 4.000 mortes e cerca de 200.000 pessoas intoxicadas, caracterizando assim a maior catástrofe da indústria química.

A tragédia de Bhopal, chamada de a Hiroshima da indústria química, continua sendo um dos cases de crise mais lembrados e discutidos no mundo. A situação foi tão dramática, que a empresa envolvida nunca mais se reergueu, apesar de terliberado milhões de dólares em indenizações e procurado responder a todas as demandas do governo indiano. A americana Dow Chemicals adquiriu a fábrica em 2001. O passivo é tão grande que nenhuma empresa resistiria.

A empresa Union Carbide aceitou, em 1985, a “responsabilidade moral” pelo acidente e fez um acordo com a Índia para pagamento de US$ 470 milhões de indenização. O valor foi...
tracking img