Trabalho sobre o aborto

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (471 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 31 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Quando falamos sobre o aborto, a primeira pergunta que nos ocorre é se somos contra ou a favor. Não é nestes termos que quero abordar a questão. O ato abortivo quase sempre acontece acompanhado pormuito sofrimento. As mulheres que o praticam, experimentam vazio, remorso, tristeza, ainda que conscientemente tenham encontrado no aborto uma solução imediata e uma espécie de alívio. Portanto, aquestão que se coloca não é a de ser contra ou a favor do aborto, mas de examinar as circunstâncias em que o mesmo acontece e o que pode ser feito para diminuir o sofrimento de tantas mulheres.
Aprática do aborto no Brasil é proibida por lei, exceto em duas situações: estupro e risco de vida da gestante. Porém, os hospitais não estão preparados, para atender mulheres que se enquadrem em uma dessassituações. Em São Paulo, apenas o Hospital do Jabaquara tem implantado um programa de "aborto legal", que atende com dignidade mulheres vítimas de estupro ou com risco de vida, mediante a apresentaçãode um boletim de ocorrência e com no máximo 12 semanas de idade gestacional. Atualmente estes serviços começam a se expandir para outros estados.

As pesquisas públicas apontam que a nível mundial,cerca de 150 mil mulheres morrem anualmente por prática de abortos clandestinos, incompletos. No Brasil, a média de morte materna é de 156 mulheres para cada 100 mil nascimentos. O aborto éconsiderado uma das principais causas de mortalidade materna. Cerca de 60% dos leitos de ginecologia no Brasil são ocupados por mulheres com sequelas de aborto. O número de abortos é enorme, porém não há dadosestatísticos claros, devido a clandestinidade com que é praticado.

Um estudo divulgado pela Organização Mundial da Saúde revelou que cerca de 45 milhões de abortos são realizados anualmente.Entre esses abortos, em média 20 milhões são realizados em condições inseguras e ilegais, causando a morte de mais de 70 mil mulheres por ano. É nos países do terceiro mundo que se dão 50% dos abortos...
tracking img