Trabalho sobre Paulo Freire

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1880 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de novembro de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto
FREIRE,PAULO;Pedagogia da Autonomia: Saberes Necessários à Prática Educativa;Ed:Paz e Terra;44ª Edição;148 páginas;Ano:2013.

“Devo Deixar claro Que, embora seja meu interesse central considerar neste texto saberes que me parecem indispensáveis à prática docente de educadores críticos, progressistas, alguns deles são igualmente necessários a educadores conservadores. São saberes demandadospela prática educativa em si mesma, qualquer que seja a opção política do educador ou educadora.” (FREIRE,2013,pág.23)
“(...) Conteúdos cuja compreensão, tão clara e tão lúcida quanto possível, deve ser elaborada na prática formadora. É preciso, sobretudo, e aí vai um destes saberes indispensáveis, que formando, desde o princípio mesmo de sua experiência formadora, assumindo-se como sujeito tambémda produção do saber, se convença definitivamente de que ensinar não é transferir conhecimento, mas criar as possibilidades para a sua produção ou a sua construção”. (FREIRE,2013,pág.24)
“Se, na experiência de minha formação, que deve ser permanente, começo por aceitar que o formador é o sujeito em relação a quem me considero o objeto, que ele é o sujeito que me forma e eu objeto por ele formado,me considero como um paciente que recebe os conhecimentos—conteúdos--- acumulados pelo sujeito que sabe e que são a mim transferidos”. (...) (FREIRE,2013,pág.24-25)
“É preciso que, pelo contrário, desde os começos do processo, vá ficando cada vez mais claro que, embora diferentes entre si, quem forma se forma e re-forma ao formar e quem é formado forma-se e forma ao ser formado. É neste sentidoque ensinar não é transferir conhecimentos, conteúdos, nem formar é ação pela qual um sujeito criador dá forma, estilo ou alma a um corpo indeciso e acomodado. (...) (FREIRE,2013,pág.25)
“Quando vivemos a autenticidade exigida pela prática de ensinar-aprender, participamos de uma experiência total, diretiva, política, ideológica, gnosiológica, pedagógica, estética e ética, em que a boniteza deveachar-se de mãos dadas com a decência e com a seriedade”. (FREIRE,21013,pág.26)
(...) “que deforma a necessária criatividade do educando a ele sujeitado pode, não por causa do conteúdo cujo “conhecimento” lhe foi transferido, mas por causa do processo mesmo de aprender, dar, como se diz na linguagem popular, a volta por cima e superar o autoritarismo e o erro epistemológico do “bancarismo””.(FREIRE,2013,pág.27)
(...) O educador democrático não pode negar-se o dever de, na sua prática docente, reforçar a capacidade crítica do educando, sua curiosidade, sua insubmissão. Uma de suas tarefas primordiais é trabalhar com os educandos a rigorosidade metódica com que devem se “aproximar” dos objetos cognoscíveis. (...) (FREIRE,2013,pág.28)
“Percebe-se, assim, a importância do papel doeducador, o mérito da paz com que viva a certeza de que faz parte de sua tarefa docente não apenas ensinar os conteúdos, mas também ensinar a pensar certo. Daí a impossibilidade de vir a tornar-se, mecanicamente memorizador, é muito mais um repetidor cadenciado de frases e de idéias inertes do que um desafiador. (...) (FREIRE,2013,pág.28-29)
“Só na verdade, quem pensa certo, mesmo que, às vezes, penseerrado, é quem pode ensinar a pensar certo. E uma das condições necessárias a pensar certo é na estarmos demasiado certos de nossas certezas. Por isso é que o pensar certo, ao lado sempre da pureza e necessariamente distante do puritanismo, rigorosamente ético e gerador de boniteza, me parece inconciliável com a desvergonha da arrogância de quem se acha cheia ou cheio de si mesmo”.(FREIRE,2013,pág.29-30)
“Não há ensino sem pesquisa e pesquisa sem ensino. Esses quefazeres se encontram um no corpo do outro. Enquanto ensino continuo buscando, reprocurando. Ensino porque busco, porque indaguei, porque indago e me indago. Pesquiso para constatar, constatando, intervenho, intervindo educo e me educo. Pesquiso para conhecer o que ainda não conheço e comunicar ou anunciar a novidade”....
tracking img