Trabalho psicologia (tempo modernos)

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2092 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Questões

01) Quais as diferenças observadas na primeira fase da Psicologia Industrial para a terceira fase da Psicologia Organizacional?

A Psicologia Industrial teve sua origem no início do século XX, desenvolveu teorias e aplicações voltadas para o aumento da produtividade do homem em seus postos de trabalho, assumindo uma posição de acordo com os interesses das indústrias em um contextotaylorista-fordista, dando também mais ênfase às características físicas dos trabalhadores do que psicológicas. Neste momento a Psicologia buscava se firmar como ciência, distanciando-se da filosofia e fisiologia e assumindo como pilares o behaviorismo, o funcionalismo e a psicologia das diferenças individuais. A Psicologia Industrial procurava medir o limite do esforço dos trabalhadores, paraassim criar parâmetros de produção e também formular avaliações de desempenho, além disso, se encarregava das práticas de seleção, colocação profissional e de orientação vocacional baseada em testes e estudos sobre as condições de trabalho para assim aumentar a produtividade.
A Psicologia Organizacional surge para ampliar este foco de trabalho nas estruturas da organização, com o desenvolvimentodos recursos humanos e de estudos sobre o comportamento, ainda visando aumentar a produtividade, porém também a satisfação dos trabalhadores. Em 1924, com os estudos de Hawthorne houve uma mudança na forma de encarar as relações de grupo através da introdução do estudo das Relações Humanas, ampliando-se a visão de organização formal, estruturada teoricamente pelas técnicas tayloristas, para aorganização informal capaz de alterar os resultados da produção de forma prática. Assim, nesta fase também se buscou reduzir os efeitos da organização mecanicista através da melhora de relacionamento entre os empregados. A principal diferença é que com a Psicologia Organizacional os psicólogos deixaram de estudar apenas os postos de trabalho e passaram a contribuir também na discussão das estruturasda organização, sendo assim uma ampliação da Psicologia Industrial. As técnicas comportamentais também passaram a ser valorizadas, aplicando uma abordagem contingencialista ao tentar influenciar o comportamento humano através do ambiente de trabalho, dando espaço ao surgimento do estudo da satisfação. Ainda na área comportamental pode ser destacado o estudo do comportamento do consumidor, outraárea que também ganhou destaque dentro da Psicologia Organizacional.
Após estas fases duas fases, a Psicologia passa a apresentar objetivos mais voltados para os indivíduos do que para a própria empresa, estudando o trabalho humano em todos os seus significados e manifestações, com uma visão mais ampla do homem e seu trabalho. Este fato marca a Psicologia do Trabalho, uma passagem da obsessão pelaprodutividade para uma compreensão mais próxima do homem que trabalha, aumentando o campo de pesquisa e sendo menos instrumental. Ocorre então uma aproximação com a psicanálise, pois, a partir da análise dos processos inconscientes das relações interpessoais e grupais, o psicólogo torna-se um consultor e terapeuta que consegue trazer significados para uma boa saúde mental e bem-estar dosintegrantes da organização como um todo.

02) Assista ao filme Tempos Modernos (Chaplin) disponível em http://www.youtube.com/watch? v=z5kdMwvBg88&feature=related e pontue:

* As principais características deste modo de produção retratado pelo filme;

No início do século XX duas formas de organização de produção industrial provocaram mudanças significativas no ambiente fabril: o taylorismo eo fordismo. Esses dois sistemas visavam à racionalização extrema da produção e, consequentemente, à maximização da produção e do lucro. No filme “Tempos Modernos” de Charles Chaplin, é possível notar a influência destes modelos, o funcionário deveria apenas exercer sua tarefa em um menor tempo possível durante o processo produtivo, não havendo necessidade de conhecimento da forma como se...
tracking img