Trabalho economia agroexportadora

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2293 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Faculdade FORTIUM Departamento de Administração - Disciplina: Economia Brasileira Contemporânea 1 Prof.: Ailton Guimarães

NOTA DE AULA 5
Economia agroexportadora. As idéias da CEPAL. O processo de Substituição das importações. O papel da agricultura no processo de industrialização.

1. Economia Agroexportadora Defini-se economia agroexportadora como aquela que é baseada na produção eexportação de produtos primários. Desde seu descobrimento até o período denominado República Velha (1889-1930), a economia do Brasil teve como principal direcionador da performance da suas exportações os produtos primários. Desta forma, no inicio do século XX, as exportações eram determinantes para o desempenho da economia brasileira, pois garantiam as importações, base da estrutura do consumo noBrasil. 2. Ciclos da economia agroexportadora Como dito anteriormente a economia brasileira, no período 1889-1930, dependia fortemente da performance de suas exportações de produtos agrícolas. Estas exportações eram compostas de alguns poucos itens, cuja importância variou ao longo dos anos. Assim tivemos o ciclo do ouro, o do açúcar, o do café, o da borracha, etc. Destaque para o ciclo do café, produtoque dominou a economia no período da velha república. Como o desempenho econômico dependia das exportações de produtos primários e estas variavam conforme os preços internacionais, a economia brasileira estava exposta a uma elevada vulnerabilidade externa. No caso do café, principal produto de exportação na velha república, o preço internacional dependia das condições de mercado. Nos momentos deprosperidade a demanda aumentava e nos momentos de crises ela se retraía. EUA e Inglaterra eram os principais importadores e influenciavam o comportamento da demanda. O Brasil, apesar de ser o maior produtor mundial, não influenciava os preços, pois outros paises também atuavam na oferta. Dado este cenário, as crises internacionais ocasionavam sérios problemas as exportações brasileiras de café e,por conseqüência, aos outros setores da economia. Este processo de transferências das crises externas para o mercado interno explica, em grande parte, a vulnerabilidade da economia agroexportadora. Sendo o setor agroexportador o mais dinâmico da economia, os outros tinham menor rentabilidade que este e assim, os recursos disponíveis eram direcionados para aquele setor. Como resultado havia umaforte concentração de renda e propriedade.
1

Mestre em Economia de Empresas, pela UCB - Universidade Católica de Brasília; Especialista em Finanças, pela UFSC - Universidade Federal de Santa Catarina; Especialista em Controladoria, pela Faculdade Tibiriçá/SP. Servidor do Banco Central do Brasil.

Maria da Conceição Tavares (1975) classificou este tipo de estrutura como modelo desenvolvimentovoltado para fora. Nele, o desenvolvimento nacional tinha como características a dependência do setor externo e o descasamento entre a estrutura produtiva e a demanda interna. Acrescente-se que esta estrutura não era exclusividade do Brasil, mas comum aos paises latinos-americanos. Nos países mais desenvolvidos ou centrais a situação era bastante diferente como mostra o quadro a seguir.

Paísesagroexportadores

Paises centrais

A exportação é variável determinante A renda nacional pode ser explicada da renda nacional também como derivada do investimento A pauta de exportação concentrada em Pauta de exportação baseada no produtos primários excedente do consumo com predominância de produtos manufaturados O conjunto de importações é composto O conjunto de importações é composto dematérias primas e de bens para de bens para atender a demanda atender a demanda interna interna A base de exportação é diferente da A base de exportação não é diferente estrutura de demanda da estrutura de demanda

O gráfico a seguir mostra a composição da pauta de exportação no inicio do século XX.

Gráfico 1. Pauta de exportação brasileira - 1900 Couro e peles 2% Algodão 3% Açucar 6% Outros 7%...
tracking img