Trabalho diversificados

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1289 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de maio de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto
TRABALHO DE ED. FISICA
ALUNA: ERICA RODRIGUES FERREIRA NÚMERO: 09
LUIZ HENRIQUE GOSMES NÚMERO:
1. O CRAQUE DE ONTEM E DE HOJE: OQUE MUDOU?
- O desenvolvimento tecnológico também acompanha todo esse processo: são desenvolvidos novos materiais, cada vez mais resistentes e flexíveis, para chuteiras; materiais mais leves que auxiliam na respiração corporal durante as partidas; ebolas que, cada vez mais, diminuem seu atrito com o campo. Até esses equipamentos têm se tornado “estrelas” do futebol contemporâneo, basta olhar para o caso da bola feita especialmente para a Copa do Mundo de 2010, sediada pela África do Sul: a Jabulani. Pois é: a bola fabricada pela Adidas ganhou até nome, personificando um objeto de composição do esporte. O resultado desse processo fica claroquando ouvimos as pessoas mais velhas, como nossos pais ou avós, dizerem que o futebol não é mais o mesmo, e que, antigamente, se jogava com amor à camisa do seu time, e não pelos altos salários pagos hoje em dia. Porém, o que eles esquecem é que quase 90% dos jogadores profissionais brasileiros recebem salários irrisórios, e que estes, ainda que almejem um ganho de salário bastante alto, jogamsim por amor ao futebol.
2. O FISICO IDEAL DE CADA POSICAO NO CAMPO?
- O futebol depende do desenvolvimento adequado de fatores táticos, técnicos, nutricionais, psicológicos e físicos, sendo a equipe dividida em: goleiros, zagueiros, laterais, meio-campistas e atacantes, percorrendo diferentes distâncias, com intensidade e movimentos diferenciados. Cerca de 88% da energia despendida em umapartida são fornecidos pelo metabolismo aeróbio, com atletas percorrendo em média 11km em intensidade próxima à do limiar anaeróbio. Além disso, vale ressaltar que as ações que definem o esporte (chutar, driblar e cabecear) são de caráter anaeróbio. Essas ações associadas a preparo físico inadequado e alto volume na prática esportiva tendem a aumentar consideravelmente as lesões nos atletas, bemcomo a ausência de boa flexibilidade. Em virtude desses fatos, fazem-se necessários estudos na área de prevenção, visando maior longevidade dos atletas e praticantes de atividade física, bem como a compreensão da incidência, fatores de risco e mecanismos de lesões por médicos, fisioterapeutas e educadores físicos(13).O objetivo deste trabalho foi definir o perfil físico dos atletas amadores e aslesões sofridas pelos jogadores durante a Copa Municipal de Futebol Amador Masculino da cidade de Presidente Prudente-SP.
3. POR DENTRO DO JOGADOR NO INSTANTE DO CHUTE?

- Púbis - O local onde o músculo adutor da coxa se encontra com o púbis (parte de baixo da "bacia") é um dos mais sobrecarregados no futebol. O movimento repetitivo nessa região provoca uma inflamação no tendão que junta omúsculo e o osso. É um tipo de tendinite - o tendão não se rompe - sentida como a famosa "puxada na virilha".

Canela - A fratura na tíbia é o tipo de fratura mais comum no futebol. Antigamente, quando o uso de caneleiras não era obrigatório, elas eram ainda mais típicas. Em casos de fratura da tíbia, é comum que a fíbula também seja afetada, afinal é um osso muito mais fino e que nem sempre éprotegido pelas caneleiras
Tornozelo - Assim como o joelho, sofre com a rápida movimentação do futebol moderno. Para piorar, os tornozelos estão mais vulneráveis a pancadas e aos buracos do campo. As lesões mais comuns são torções (ou entorses) nos ligamentos que conectam os pés aos ossos da perna - o ligamento anterior de um boleiro vive dolorido
Fratura por estresse - Mais um tipo de lesãocausado por movimentos repetitivos, que apesar de gerar muita dor, não é detectado no raio X. Para entender, pense no osso como um arame: se você o dobrar muitas vezes no mesmo ponto, uma hora ele vai arrebentar. Os ossos que mais sofrem por estresse são os do pé, que são finos e não param de se movimentar
Joelho - Os movimentos de rotação são os culpados pelas lesões no joelho. As mais comuns são...
tracking img