Trabalho de economia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2337 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Introdução
Os organismos formados por células procarióticas designam-se por procariontes, agrupam-se no Reino Monera e são conhecidos pela designação geral de bactérias (do gr. : bakterion, pequeno bastonete). Foram estes organismos que protagonizaram as primeiras etapas da evolução dos seres vivos. Os registos fósseis mais recuados datam de 3,46 milhões de anos. Nessa época, a vida microbianajá era representada por cianobactérias filamentosas, e a diversidade deduzida a partir dos registos fósseis, conduziu a identificação de 11 taxons diferentes.
célula eucariótica possui verdadeiro núcleo, (núcleo definido e protegido pelo envoltório nuclear) que contém um ou mais nucléolos. É constituída por muitas organelas citoplasmáticas, ao contrário das células procarióticas. E podem seranimais ou vegetais.


















Desenvolvimento
A célula é um pequeno elemento autónomo de dimensões microscópicas, sendo considerada a unidade morfológica e funcional da constituição dos seres vivos.
As células foram descobertas em 1665 pelo inglês Robert Hooke. Existem dois tipos de células: as células eucarióticas e as células procarióticas.
As células eucarióticas sãoorganismos muito mais complexos do que as células procarióticas e distinguem-se destas pelo facto de possuírem o seu material genético organizado num compartimento, o núcleo, que se encontra separado do resto da célula por uma membrana plasmática.
É frequente dividir as células eucarióticas em duas categorias: as células animais e as células vegetais. As células vegetais possuem organelossimilares aos das células animais, mas no entanto possuem organelos únicos como a parede celular, os cloroplastos e vacúolos que embora em número inferior ás das células animais são de dimensões maiores.
No plano morfológico, as bactérias apresentam uma enorme variedade de formas e dimensões. Podem ainda viver isoladas ou formar colónias de células mantidas agregadas depois de se dividirem. Contudo, adespeito dessa variedade, é possível encontrar uma unidade anatómica.
No que se refere aos regimes de vida e ao metabolismo energético, encontram-se bactérias que mantêm o regime heterotrófico exclusivo, tal como certamente foram os primeiros seres vivos. Outras, fotossintetizantes, são autotróficas, como as bactérias verdes e as púrpura. Em ambos os grupos, existem espécies sulfurosas (que oxidamo sulfureto de hidrogénio) e outras que oxidam outras moléculas, mas nunca a água.
As cianobactérias situam-se seguramente entre as mais recentes, na escala evolutiva: o seu mecanismo de fotossíntese incorpora o sistema que permite efectuar a oxidação da água, tendo como consequência a libertação de oxigénio. Algumas das espécies fotossintetizantes são também, cumulativamente, heterotróficas.Algumas, mantêm-se obrigatoriamente anaeróbias. Outras, pelo contrário, são aeróbias, e possuem todo o equipamento enzimático que lhes permite efectuar a respiração celular
A natomia da celula procariotíca
As bactérias apresentam uma extraordinária variedade de formas e a anatomia ultrastrutural da célula reflecte a diversidade de regimes de vida e de metabolismos energéticos. Seria fastidioso,no contexto em que se inserem estas lições, enveredar por uma descrição pormenorizada. Assim, abordaremos a anatomia da célula bacteriana, descrevendo as principais estruturas existentes nas diversas classes, referindo a função que lhes assiste.


Parede celular
A parede celular, pela sua rigidez, forma um estojo que estabiliza a forma característica da célula, protegendo-a de agressõesexternas, nomeadamente das variações de pressão osmótica.Com excepção das bactérias halófilas, metanogénicas ou temoacidífilas (que se classificam como Arqueobactérias), o composto principal da parede bacteriana é o peptidoglicano. O peptidoglicano constitui assim o monómero de uma densa rede macromolecular. É composto, ele próprio,pela N-acetilglucosamina e pelo ácido N-acetilmurâmico, associados a...
tracking img