Toyota x ford

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (917 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
A verdadeira história do Super-Homem

Até meados dos anos 30 do século passado, a imprensa era o único suporte para a publicação de banda desenhada nos EUA. A própria evolução do meio e anecessidade de encontrar novas fórmulas de difusão convergiram numa nova proposta comercial. O comic-book, de invenção e formato tipicamente americano.
O comic-book (livro de banda desenhada) era, nos seusprimórdios e em alguns casos ainda continua sendo, uma publicação periódica de pequeno formato que incluía uma ou várias histórias completas protagonizadas por personagens fixas. Basicamente areimpressão de tiras de BD da imprensa. Editava-se com papel de baixa qualidade, cores berrantes e uma impressão bastante deficiente.
Em contrapartida, não estava sujeito à censura prévia e gozava de umaenorme liberdade criativa, ao serem publicados por empresas independentes dos grandes interesses políticos e económicos da imprensa diária, e não estar submetido ao controle dos sindicatos.
Odesenvolvimento da história, agora em formato tablóide (10x15), já não se resumia ao reduzido espaço de uma tira horizontal e ao experimentar de novos sistemas narrativos. No seguimento deste processo está onascimento de um gênero emblematicamente americano. Os super-heróis da BD.
Como foi anteriormente constatado, os anos entre 1929 e 1945, assistiram, nos EUA, ao desenvolvimento da banda desenhadaheróica. Numa primeira fase com heróis humanos e, posteriormente, sobre-humanos, o que balizou a apelidada idade de oiro da bd. O sucesso foi tal, que rapidamente se expandiu para toda a Europa, abafandopotenciais bandas desenhadas originais e especificamente européias. Está-se perante o apogeu dos comics americanos.
O primeiro dos três grandes períodos dos comic-books tem o seu embrião em Fevereiro de1935, quando a editora New Fun Comics saiu para o mercado. O criador, o Major Malcolm Wheeler-Nicholson, decidiu que não queria pagar os direitos que os jornais cobravam pelas suas tiras antigas...
tracking img