O silmarillion

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 517 (129061 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
O SILMARILLION J. R. R. TOLKIEN ORGANIZADO POR Christopher Tolkien TRADUÇÃO Waldéa Barcelos DIGITALIZAÇÃO J Cage
Sobre a digitalização desta obra: Esta obra foi digitalizada para proporcionar de maneira totalmente gratuita o benefício de sua leitura àqueles que não podem comprá-la ou àqueles que necessitam de meios eletrônicos para leitura. Dessa forma, a venda deste e-book ou mesmo a sua trocapor qualquer contraprestação é totalmente condenável em qualquer circunstância. A generosidade é a marca da distribuição, portanto: Distribua este livro livremente! Se você tirar algum proveito desta obra, considere seriamente a possibilidade de adquirir o original. Incentive o autor e a publicação de novas obras!
Agradecimentos especiais: À J Cage, que tanto se dedicou ao escaneamento do livro;Okidoki, (o Big Boss do PDL), que permitiu a distribuição desta obra de forma gratuita; meu grande amigo Edimilson também moderador deste portal, que muito me incentivou; Edu Lopes, grande colaborador... E a todos que contribuiram, direta ou indiretamente, no sentido de concluirmos este trabalho, grande abraço!! By Yuna

Visite nossa biblioteca! Centenas de obras grátis a um clique!http://www.portaldetonando.com.br/nuke/index.php

J. R. R. TOLKIEN QUENTA SILMARILLION (A História das Silmarils) com AINULINDALË (A Música dos Ainur) e VALAQUENTA (Relato dos Valar) aos quais foi acrescentado AKALLABÊTH (A Queda de Númenor) e DOS ANÉIS DE PODER E DA TERCEIRA ERA

O SILMARILLION

Sumário
PREFÁCIO AINULINDALË VALAQUENTA QUENTA SILMARILLION I. Do início dos tempos II. De Aulë e YavannaIII. Da chegada dos elfos e do cativeiro de Melkor IV. De Thingol e Melian V. De Eldamar e dos príncipes dos eldalië VI. De Fëanor e da libertação de Melkor VII. Das Silmarils e da inquietação dos noldor VIII. Do ocaso de Valinor IX. Da fuga dos noldor X. Dos sindar XI. Do Sol, da Lua e da ocultação de Valinor XII. Dos homens XIII. Da volta dos noldor XIV. De Beleriand e seus reinos XV. Dosnoldor em Beleriand XVI. De Maeglin XVII. Da chegada dos homens ao oeste XVIII. Da ruína de Beleriand e da queda de Fingolfin XIX. De Beren e Lúthien XX. Da quinta batalha: Nirnaeth Arnoediad XXI. De Túrin Turambar XXII. Da destruição de Doriath XXIII. De Tuor e da queda de Gondolin XXIV. Da viagem de Eärendil e da Guerra da Ira AKALLABÊTH DOS ANÉIS DE PODER E DA TERCEIRA ERA

Prefácio OSilmarillion, publicado agora, quatro anos após o falecimento do seu autor, é um relato dos Dias Antigos, a Primeira Era do Mundo. Em O Senhor dos Anéis, foram narrados os grandes eventos do final da Terceira Era; as histórias de O Silmarillion, no entanto, são lendas derivadas de um passado muito mais remoto, quando Morgoth, o primeiro Senhor do Escuro, habitava a Terra-média, e os altos-elfos guerrearamcom ele pela recuperação das Silmarils. Mas O Silmarillion não relata apenas os eventos de uma época muito anterior àquela de O Senhor dos Anéis; em todos os pontos essenciais de sua concepção, ele também é, de longe, a obra mais antiga. Na realidade, embora na época não se chamasse O Silmarillion, ele já existia meio século atrás. Em cadernos velhíssimos, que remontam a 1917, podem ser lidas asversões iniciais das histórias mais importantes da mitologia, muitas vezes escritas às pressas, a lápis Ele nunca foi publicado (ainda que alguma indicação de seu conteúdo pudesse ser depreendida de O Senhor dos Anéis), mas meu pai, durante sua longa vida, jamais o deixou de lado, nem parou de trabalhar nele, mesmo em seus últimos anos. Durante todo esse tempo, O Silmarillion, se consideradomeramente como uma grande estrutura narrativa, sofreu relativamente poucas mudanças radicais: há muito, tornou-se uma tradição estabelecida e uma fonte de referência para textos posteriores. Estava, entretanto, longe de se fixar como um texto pronto, e não permaneceu inalterado nem mesmo em certas idéias fundamentais relativas à natureza do mundo que retrata, quando as mesmas lendas voltaram a ser...
tracking img