Toxocologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3475 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
SAÚDE DO TRABALHOR


[pic]

RURAL

E


[pic]

URBANO













1.INTRODUÇÃO


1.1 SAÚDE DO TRABALHADOR
A Política Nacional de Saúde do Trabalhador visa à redução dos acidentes e doenças relacionadas ao trabalho, através de ações de promoção, reabilitação e vigilância na área de saúde. Suas diretrizes compreendem a atenção integral à saúde, aarticulação intra e intersetorial, a participação popular, o apoio a estudos e a capacitação de recursos humanos.


1.2 CONCEITOS
Considera-se empregado urbano toda a pessoa física que prestar serviços de natureza não eventual a empregador, sob a dependência deste e mediante salário. Além dessas características que definem a figura do empregado, deve ser acrescida a pessoalidade,consistente na impossibilidade do empregado se fazer substituir por outro trabalhador, pois o contrato de trabalho é personalíssimo (artigos 2º e 3º da CLT).
É considerado empregado doméstico aquele que presta serviços de natureza contínua e de finalidade não lucrativa à pessoa ou família no âmbito residencial desta.
Já o empregado rural é toda pessoa física que, em propriedaderural ou prédio rústico, presta serviços de natureza não eventual a empregador rural, sob a dependência deste e mediante salário.


2. RISCOS EXISTENTES
Os riscos existentes em um local de trabalho podem gerar agravos à integridade física dos trabalhadores. A tecnologia presente hoje permite que possam ser previstas possíveis falhas, além de antecipar os acidentes e doenças.2.1 RISCOS EXISTENTES PARA O TRABALHADOR RURAL
O trabalho agrícola apresenta riscos ocupacionais com gravidade variável, como a exposição a agrotóxicos, intempéries, desgaste físico, animais peçonhentos, dentre outros.
A assistência médica corresponde aos segurados que receberam apenas atendimentos médicos para sua pronta recuperação para o exercício da atividadelaborativa.
A incapacidade temporária compreende os segurados que ficaram temporariamente incapacitados para o exercício de sua atividade laborativa.
Como exemplo de riscos associados ao agronegócio, podemos citar o físico, ruído, calor, umidade proveniente de atividades a céu aberto ou em galpões e radiações de origem solar.
Em termos de legislação, apesar decomprovadamente ocasionarem câncer de pele, as radiações ultra-violetas (UV) provenientes do Sol não fazem parte dos riscos laborais.
Os efeitos de agentes caracterizados como riscos químicos no organismo podem ser inertes, alérgicos ou tóxicos, desde uma simples alergia, bronquite ou um resfriado até doenças fatais como asbestose, silicose ou, no caso de cortadores de cana, a bagaçose.
O efeitocausado pela exposição a esses agentes dependerá diretamente da constituição química das partículas presentes somada à quantidade presente no ambiente e o tempo de exposição.
Os riscos biológicos se relacionam com os microorganismos que podem agredir a saúde e a integridade física de trabalhadores que exercem suas atividades laborais.
Em termos de trabalho rural, é importanteconsiderar os agentes biológicos com alta probabilidade de transmissão de doenças como dengue, leptospirose ou doenças virais.
A ergonomia é a ciência que estuda a adaptação do meio produtivo ao trabalhador, proporcionando, assim, que o ambiente de trabalho esteja cada vez próximo da realidade humana, minimizando os distúrbios funcionais no organismo do trabalhador.
Assim, riscosergonômicos podem ser identificados a partir da análise integral da tarefa, contemplando as fases de execução, ciclos de trabalho, carga de trabalho e descanso (caso seja necessário) e riscos em cada ponto da atividade.
No Brasil, a falta de um modelo de prevenção aos acidentes de trabalho, e o descumprimento das normas, ressaltam um duplo aspecto que reduz o crescimento do país: um elevado...
tracking img