Tornar-se pessoa

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 547 (136590 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
TORNAR-SE PESSOA

CARL ROGERS

[pic]

Índice

Introdução...............................................................................................................................03
Primeira Parte - Notas pessoais.............................................................................................091. Este sou eu..............................................................................................................09
Segunda Parte - Como poderei ajudar os outros?.................................................................22
2. Algumas hipóteses com relação à facilitação do crecimento pessoal.....................22
3. As características de uma relação deajuda............................................................26
4. O que sabemos da psicoterapia objetiva e subjetivamente....................................36
Terceira Parte - O processo de tornar-se pessoa..................................................................42
5. Algumas direções do processo terapêutico.............................................................42
6.O que significa tornar-se pessoa.............................................................................59
7. A psicoterapia considerada como um processo......................................................68
Quarta Parte - Uma filosofia da pessoa................................................................................86
8. “Ser o que realmente se é “: os objetivospessoais vistos por um terapeuta..........86
9. A visão de um terapeuta sobre a vida boa: a pessoa em pleno funcionamento.....97
Quinta Parte - A observação dos fatos: o papel da investigação em psicoterapia................104
10. Pessoa ou ciência? Um problema filosófico.........................................................104
11. A modficação da personalidade empsicoterapia................................................118
12. A terapia centrada no cliente no seu contexto de investigação...........................126
Sexta Parte - Quais são as implicações para a vida?..........................................................142
13. Reflexões pessoais sobre ensino e aprendizagem.............................................142
14. Aaprendizagem significativa: na terapia e na educação................................... 145
15. O ensino centrado no aluno conforme experienciado por um participante.........154
16. As implicações para a vida familiar da terapia centrada no cliente.....................163
17. O tratamento das perturbações na comunicação interpessoal e intergrupos.....170
18. Uma formulaçãoprovisória de uma lei geral das relações interpessoais...........174
19. Para uma teoria da criatividade..........................................................................179
Sétima Parte - As ciências do comportamento e a pessoa.................................................186
20. O poder crescente das ciências comportamentais.............................................18621. O lugar do indivíduo no mundo novo das ciências do comportamento..............198

Introdução

A publicação, em 1961, de Tornar-se pessoa trouxe a Cari Rogers um inesperado reconhecimento nacional. Pesquisador e clínico, Rogers acreditava que estava se dirigindo a psicoterapeutas e somente após este fato descobriu que “estava escrevendo para pessoas — enfermeiras, donas de casa,pessoas do mundo dos negócios, padres, ministros, professores, juventude”. O livro vendeu milhões de cópias quando milhões constituíam um número raro em publicações. Rogers foi, para a década que se seguiu, O Psicólogo da América, passível de ser consultado pela imprensa sobre qualquer questão relativa à mente, desde a criatividade até o autoconhecimento, ou o caráter nacional.
Certas...
tracking img