Topografia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1097 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIUBE
UNIVERSIDADE DE UBERABA








ALUNOS:
AMILTON
FABRICIO
ADAILSON
LUCAS















PROFESSORA:
CAROLINA VIEIRA
UBERLANDIA
05 de Novembro de 2012.






INTRODUÇÃO

Aos sábados do segundo semestre do ano de 2012 realizamos aulas praticas da disciplina de topografia II, onde realizamos procedimentos nas áreas de planialtimetria, com ênfasena parte altimetrica o local utilizado foi à área localizada ao lado do viaduto Jaime Tannus, à unidade da Uniube localizada na Avenida: Rondon Pacheco em Uberlândia/MG, com o intuito de fazermos aferições praticas da área analisando os desníveis da área e distancias verticais, horizontais e ângulos de inclinações dos pontos como também a diferença de nível entre diversos pontos.
O principalobjetivo é verificar entre os equipamentos utilizados; o nível, o teodolito e o nível alemão, os quais foram utilizados e podemos assim através dos dados coletados e realização das planilhas de aferição identificar quais dos aparelhos foram mais eficientes para a nossa pratica sendo de grande valia para nosso currículo de futuros engenheiros.


OBJETIVO

Através do nivelamento planialtimétricorealizado na área da Avenida Rondon Pacheco esquina com a Avenida Duque de Caxias nosso objetivo de encontrar os desníveis entre o ponto A e o B determinados por nos alunos e encontramos os desníveis entre os pontos adotados para nosso levantamento em campo.
O objetivo principal foi comparar o três métodos utilizados sendo eles, o nível, o teodolito e o nível alemão. Para esta pratica utilizamosos equipamentos: nível, tripé, nível de cantoneira, baliza, teodolito, mira nosso colega de classe também nos apresentou o nível Abem coletamos dados obtidos através dele para realização posterior de cálculos e croqui dos desníveis da área do terreno visitado.
Nossos levantamentos foram executados por diferentes tipos de medidas (lineares, angulares e de desníveis), onde veremos abaixo suascaracterísticas.



DESENVOLVIMENTO

Durante a realização das aulas pratica todos os levantamentos foram coletados no campo onde operamos os diversos aparelhos e equipamentos, onde tivemos a oportunidade de no campo enfrentar as diversas dificuldades que uma equipe de topografia enfrenta no dia a dia como chuva, ventos, sol intenso, transito e ate mesmo influencia de pedestres nas aferiçõesnecessárias para os levantamentos,
Foram utilizados três métodos no nível de aprendizado e apresentação dos métodos aos alunos da classe para se encontrar o desnível entre estes dois pontos já estabelecidos.

• Primeiro procedimento

Nivelamento e contranivelamento Geométrico

Utilizamos os equipamentos, Tripé, Nível, Mira, e nível de cantoneira como o nível não se move na vertical e apenasna horizontal fizemos varias mudanças do equipamento, por conta da inclinação do terreno uma vez que nossa mira é limitada por uma altura de 4 metros.
Já no desnível estacionamos o equipamento em um determinado ponto e começamos a fazer a Leitura de ré no ponto A, em seguida passamos a mira para outro ponto onde ficou marcado como Vante de Mudança, em seguida fazemos a ré no mesmo ponto da vantede mudança e assim fomos ate chegar ao ponto B, foram realizadas quatro mudanças entre o ponto A e B, em cada ponto que estacionamos foi coletado os dados necessários para os cálculos como nos mostra a tabela abaixo com o memorial de calculo.
Com a coleta e resolução dos cálculos podemos verificar então que desnível entre os dois pontos A e B e de 8, 896 m.
Nivelamento Geométrico - NIVELAMENTO ECONTRANIVELAMENTO

PV L RÉ L Vante Mud. PH COTAS PROV. CORREÇÃO COTA FINAL

A 3.472 103.472 100.000 100.000
P2 0.153 103.319 1 103.318
P2 3.849 107.168
P3 65 107.103 2 107.101
P3 3.459 110.562
B 1.663 108.899 3 108.896
P4 0.775 109.674
P5 3.590 106.084 4 106.080
P5 88 106.172
P6 3.521 102.651 5 102.646...
tracking img