Todos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1345 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
FALC – Faculdade da Aldeia de Carapicuíba
CURSO: Administração de Empresas
DISCIPLINA: Metodologia da Pesquisa Cientifica II
TERMO: 4° Semestre Matutino

A liderança democrática como fator motivacional para gerenciar pessoas na área comercial.

CARAPICUÍBA
2012

A liderança democrática como fator motivacional para gerenciar pessoas na área comercial.



Trabalho apresentado àinstituição de ensino FALC na disciplina de Metodologia da Pesquisa Cientifica II como um dos pré-requisitos á aquisição parcial da nota semestral.
Orientador: Alessandro Costa.

CARAPICUÍBA
2012

Sumário
Introdução e Tema | 03 |
Justificativa | 04 |
Referencial Teórico | 05 |
Delimitação do problema | 06 |
Formulação das hipóteses | 07 |
Objetivos | 08 |
Metodologia | 09 |Cronograma das atividades | 10 |
Recursos humanos e materiais - orçamento | 11 |
Referencias Bibliográficas | 12 |

1. Introdução e Tema
Sabemos que a área comercial é de grande importância para o crescimento das empresas, onde as pessoas que integram este departamento são responsáveis pelas vendas dos produtos e/ou serviços de forma a suprir as necessidades das mesmas.
Para que umaempresa obtenha sucesso e garanta sua estabilidade no mercado, é necessário que haja pessoas motivadas e preparadas para a realização de uma tarefa, de forma a alcançar desafios cada vez maiores. O gestor precisa influenciar seus subordinados para que estes obtenham o máximo de resultado possível.

Segundo Stogdill (1948, citado por BERGAMINI, 2011. p. 130.) diz:
“Liderança é um processo deinfluir nas atividades do grupo com vistas ao estabelecimento e ao alcance das metas”.

Assim, o gestor é capaz de motivar sua equipe de forma que acreditem que é possível alcançar metas e objetivos, mesmo com dificuldades.
Desta forma abordaremos o tema: “A liderança democrática como fator motivacional para gerenciar pessoas na área comercial”. Onde o nosso objetivo será mostrar qual é a posturaadequada de um gestor diante de sua equipe.

Quando se fala de gerenciar conhecimento, trata-se de valorizar ideias, criatividade, talento como verdadeiros integrantes do capital da empresa.

Neste contexto, encontramos o problema da liderança, isto é, na capacidade de um membro do grupo influenciar outros. A liderança exerce-se em função do poder pessoal instituído ou ambos.

Do líderespera-se uma visão ampla e projetiva, conhecimentos e maturidade, autoconfiança aliada a disposição de enfrentar riscos. (CASTRO, 2002. p. 174.).

2. Justificativa
Decidimos abortar este tema com o propósito de demonstrar que nos dias de hoje alguns gestores fogem do foco, de modo a privilegiar alguns desfavorecendo outros e com isso gerando desmotivação, onde atrapalha a empresa a alcançar asmetas e a própria pessoa os seus objetivos profissionais.
A satisfação tem grande influência no comportamento das pessoas dentro das organizações, o que reforça a importância de trabalhar motivado. De acordo com Cohen e Fink (2003. p 78.) a satisfação “pode afetar o compromisso dos funcionários com as tarefas e com a organização”.

3. Referencial Teórico
Com a mudança no perfil dos líderes,temos melhores resultados, pois a importância das pessoas para se concretizar os objetivos das empresas estão cada vez mais em alta. Porém ainda existem falhas, pelo fato de estarem mais próximos às pessoas, importando-se com suas necessidades e desejos, os gestores se aproximam de forma a criar afinidades, onde em alguns momentos geram os conflitos. O gestor privilegia aqueles mais próximos,gerando conflitos entre os integrantes da equipe e consequentemente a desmotivação.

Na área comercial, este tipo de situação é comum, porque quando há privilégios é facilitado o trabalho de alguns de forma a prejudicar outros, esses prejudicados, não conseguirão atingir as metas já que o gestor age de forma autoritária e não democrática, facilitando apenas o trabalho de quem está próximo a ele....
tracking img