Timidez na escola

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1516 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDEREL DE SANTA MARIA
CURSO DE MATEMÁTICA - LICENCIATURA PLENA
LABORATÓRIO EM EDUCAÇÃO MATEMÁTICA














TIMIDEZ EM SALA DE AULA














Aluno: Marcio Pettine Santos
Professor: Regina Ehlers Bathelt














Santa Maria
2007




INTRODUÇÃO


Este trabalhoaborda como tema gerador timidez, buscando analisar a proposta de uma educação que contemple todos os educandos que possuem necessidades educativas especiais. Neste situa-se os alunos ditos tímidos.
O aluno que não participa das aulas, não se expressa oralmente terá o mesmo desempenho dos demais? Em que medida a timidez influencia no processo de ensino–aprendizagem?
Vivemos numasociedade falante onde quem não expõe suas idéias é taxado de incapaz, incompetente. Segundo Celso Antunes (2003) as práticas pedagógicas atuais não ensinam o aluno a falar, assim o mesmo carregará essa dificuldade durante toda a sua vida escolar.
Nesse sentido, certamente terá algumas implicações para a aprendizagem. O objetivo do trabalho é exatamente analisar essas influências. Nesse sentidose caracteriza em descritiva. Quais são as estratégias que podem ser utilizadas pelo professor para aproximar estes alunos? Como atentar aos apelos não–verbais evocados por eles?
Este estudo desenvolveu-se em uma escola da rede estadual de ensino em Camobi – Santa Maria, em uma turma da 5ª série do Ensino Fundamental. Esse estudo parte de observações sobre os modos de SER e ESTAR em salade aula de um aluno dito tímido, dos modos de agir do professor da turma e da minha experiência como estagiário regente da referida turma.
Os procedimentos técnicos utilizados foram: pesquisa bibliográfica para fundamentação e elaboração do referencial teórico baseados em observações do comportamento do aluno em questão e da maneira de agir dos professores da turma, utilizando para istoconversas e reflexões com os professores e Coordenação Pedagógica.






TIMIDEZ, O QUE É?


Segundo Ruy Miranda doutor em psiquiatria há duas maneiras de se explicar o que é timidez. A primeira, usada pelo senso comum, é pela descrição dos sinais e sintomas que se detectam na pessoa. A segunda, pelo que passa dentro da pessoa portadora de timidez.
Pelo senso comum, atimidez é um padrão de comportamento caracterizado pela inibição em certas situações, podendo ser acompanhado de algumas alterações, psicológicas, como aceleração da respiração e dos batimentos cardíacos. Em outras palavras, é um padrão de comportamento em que a pessoa não exprime (ou exprime pouco) os pensamentos e sentimentos, e não interage ativamente. Esta maneira de explicar a timidez é tambémusada em várias abordagens da psicologia e de psicoterapia.
A outra maneira de explicar a timidez é descrever o que se passa dentro da pessoa. Embora esta seja uma área complexa, como são todos os processos psicológicos, alguns pontos se destacam:
• Reconhecimento da dificuldade em interagir com as pessoas ou em situações sociais.
• Anseio de mudar, ou seja, o anseio de liberdade.• Desacordos internos, forças antagônicas como essas (anseio e barreiras) geram sensação de ameaça, de perigo, chamada ansiedade. A ansiedade se caracteriza de diversas maneiras, dependendo de particularidades dessas forças – uma das expressões, como no caso da timidez, é inibir, bloquear os canais de comunicação, ou seja, em certas situações, as barreiras superam o anseio ou convivem com elelado-a-lado.
Esses processos internos têm vários tipos de explicação pormenorizados segundo a teoria da personalidade.
A base epistemológica destas concepções é: a hereditariedade x meio como fatores condicionantes do comportamento humano. Não iremos aprofundar neste estudo, haja vista que, o referido trabalho monográfico considera apenas a explicação que se baseia no ambiente em...
tracking img