Textos sobre desenvolvimento

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1031 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 31 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Os descompassos entre o dito e o feito

Estamos, basicamente, entre dois blocos paradigmáticos trincados pelo próprio processo histórico, o conservador e o emergente. Mas, como toda crise, esta também traz em si o germe de sua própria superação, os educadores, num momento indiscutível de transição, carecem do domínio do conhecimento como um espaço conceitual. Desta forma, deve ser consequente aarticulação com o poder de formas mais transparente e coerente, as relações sociais em torno do poder transitam entre os dois polos paradigmáticos, quais sejam, o conservador e o emergente ou da natalidade, como se refere Arendt (1979). O confronto dessas orientações teóricas reflete-se no cotidiano das escolas, mas pelo fato de não terem sido “gestados” e gerados no cotidiano, acabam não sendoabsorvidos, vividos. Além dessa dificuldade a escola luta contra outras mazelas, pois está inserida em uma sociedade não menos problemática. No Brasil vive-se a “adolescência” de um processo político, no sentido pleno das palavras. São marcantes a revolta, a crítica, os descompasses provocados por ações repletas de incoerências.
É importante observa que a partir da década de 1980, o Brasil vemsofrendo influências de um movimento internacional que está preocupado em redefinir as bases de exploração da classe trabalhadora, através de novas formas de organização do trabalho (tecnologia de grupo, células de produção, qualidade total). Segundo Freitas (1992), a qualidade da escola passa a interessar mais na medida em que a estrutura social necessita de mais habilidades do trabalhador, comocapacidade de abstração para certas decisões, raciocínio matemáticos e outras. A escola deve analisar muito bem os antagonismos que permeiam uma sociedade capitalista, para não prejudicar a classe trabalhadora e, ao mesmo tempo, cresce na direção das necessidades da maioria da população. Para analisar o cotidiano de forma mais rica e coerente é preciso que essa análise esteja iluminada por umrespaldo teórico. Apresento a seguir algumas pistas teóricas que podem nortear analítica das relações de poder.

Refletindo com alguns teóricos

Pensar as relações de poder no interior da escola é pensar, a um só tempo, as amplas formas de legitimação da sociedade capitalista brasileira. É sob a égide de todo um poder político e econômico mais amplo e dos movimentos gerados pela cultura do grupoparticular que analiso fluxo de poder na escola. Teóricos de diferentes matrizes, ou mesmo que enfocaram dimensões variadas, buscaram construir em torno de a categoria poder elementos importantes que ajudam na construção conceitual de quem deseja aprofundar o tema. Destaco, no entanto, a necessidade da leitura de autores como Weber (1991), considerado o fundador das disciplinas sociologia políticaou do poder; Mannheim (1972), que discute a questão da possibilidade democrática nas relações pessoais, e ainda Lobrot (1977), que acrescenta uma outra dimensão a esta discussão sobre o poder, uma vez que para ele e autoridade tem também natureza psicológica. Para a teoria jurídico-clássico o poder é considerado como um direito possuído, assim como se possui um bem qualquer, podendo ser transferidoou alienado por um ato jurídico, parcial ou totalmente.
Paralelamente, o trabalho escolar deve dirigir-se no sentido de estimular, no aluno, o ser dirigente, o que exige esforço e disciplina, mas não uma disciplina exterior, imposta e não-educativa. Entre os autores citados podemos estabelecer que todos consideram um ponto como eixo, o poder decorre das relações entre os homens. Mas embora esseponto os aproxime, outros os tornam divergentes, o que torna a análise mais estimulante. Na escola, a questão da relação de poder é enfocar dentro de uma perspectiva bastante reducionista, apesar desse poder possuir várias formas de se expressar, a reflexão exige uma amplitude que permite chegar, inclusive, ao fato de que a associação do currículo a controle e definição do poder apresentar...
tracking img