Teste da chama

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1193 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O teste, muito conhecido na área da física e da química e utilizado no controle e pesquisa de medicamentos, trata-se de uma técnica bastante simples de espectroscopia que visa à análise qualitativa de cátions presentes nas amostras levadas ao contato com a chama. O método se baseia no espectro de emissão característico que cada elemento emite ao receber energia.

O presente estudo utilizoualgumas amostras já conhecidas previamente e foi direcionado a relacionar as cores observadas no interior da chama com uma tabela padrão de cores para os sais presentes nas amostras. A chama foi proveniente de um bico de Bünsen utilizando gás GLP como combustível. No relatório também estão contidos os métodos utilizados bem como os materiais e uma breve revisão bibliográfica referente ao teste.

2 -REVISÃO BIBLIOGRÁFICA

O teste de chama é um ensaio utilizado na química analítica que permite detectar a presença de alguns cátions em amostras de compostos, baseando-se no espectro de emissão característico de cada elemento.

O teste tira proveito do fato de que quando um determinado elemento químico é exposto a uma quantidade de energia (para a chama, energia em forma de calor), parte doselétrons da última camada de valência recebe esta energia e avança para um nível de energia mais elevado, alcançando um estado conhecido com estado excitado. Ao retornar do estado excitado para o estado anterior (estado fundam), os elétrons liberam a energia recebida em forma de radiação.

Nesse contexto, cada elemento químico libera radiação em um comprimento de onda característico, visto quequantidade de energia demandada por um elétron ao ser excitado é diferente para cada elemento. E ocorre que, alguns elementos químicos emitem radiação com o comprimento de onda na faixa do visível, onde o corpo humano é capaz de visualizar através de cores. Considerando essas afirmações, conclui-se que é possível identificar certos elementos químicos os expondo a chama e observando sua radiação.Convém afirmar que o teste da chama é um teste simples, rápido e requer equipamentos mínimos ao um laboratório. Entretanto, é um teste muito limitado devido a pequena quantidade de elementos químicos detectáveis e a faixa de concentração detectável é pouco conhecida segundo as mudanças visuais. Há ainda a possibilidade de haver contaminação de elementos na amostra e a cor produzida por umelemento mascarar a cor produzida por outro. Um macete para contornar essa situação, é o uso do vidro de cobalto na visualização de amostras na chama. O sódio, contaminante muito freqüente em outros compostos, emite uma forte luz amarela que sobrepõe ou altera as cores de outros compostos na chama. Então o vidro de cobalto atua como um filtro que ‘’neutraliza’’ a cor amarela e permite outra interpretaçãoda amostra.

Quanto a tarefa de fornecer a carga energética necessária para excitar os elétrons a ponto de emitirem a luz necessária para a análise, o bico de Bünsen é mais que suficiente nesse experimento, desde que a haste com a amostra esteja posicionada na parte azul da chama. Conhecida como zona oxidante, a parte que emite luz azul é aonde ocorre a combustão completa , fornecendo maiorquantidade de energia.

3 - OBJETIVOS GERAIS

O ensaio teve como objetivo verificar a presença de determinados elementos químicos nos sais utilizados, através do teste da chama, e comparar com o padrão de cores do espectro de emissões para conhecidos elementos.

3.1 - OBJETIVOS ESPECÍFICOS

• Proceder com a montagem do bico de Bünsen; • Identificar os compostos (sais) através da visualizaçãode cores;

• Conhecer as aplicações e limitações deste método analítico

4 - MATERIAIS E PROCEDIMENTO

4.1 - Materiais

• Fio metálico (platina ou níquel-cromo) • Haste de vidro

• Vidro de relógio

• Béquer

• Bico de Bünsen

• Etiquetas

• Fósforo

• Cloreto de sódio (NaCl)

• Cloreto de Potássio (KCl)

• Sulfato de Lítio (Li2SO4)

• Sulfato de Cobre I (CuSO4) •...
tracking img