Terceira idade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 20 (4972 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de agosto de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
QUALIDADE DE VIDA DO IDOSO
Cada vez mais vem sendo reforçado a teoria de que a idade biológica não depende da idade cronológica, mas sim dos hábitos de vida. É preciso considerar o envelhecimento como um desenvolvimento biológico natural, que o corpo passa por diversas alterações funcionais e anatômicas, afetando direta e indiretamente a nutrição e a saúde do homem. Sendo asalterações gradativas que vão diminuindo a capacidade funcional do organismo, sofrendo a perda de sensibilidade do paladar até os processos metabólicos, sendo influenciadas tanto pela genética como por fatores ambientais.
Durante muito tempo, o envelhecimento humano foi tratado somente por uma abordagem biológica. Preocupou-se muito com técnicas que viessem a retardar a velhice e quepropiciassem às pessoas um envelhecimento com saúde. Esta visão da velhice, na qual muito colaborou a postura da medicina, escondia à tentativa de se negar a morte e associava a fase de envelhecimento a um final de vida. A partir disto, muitos preconceitos e estereótipos foram criados como “velho é improdutivo”, “velhice é doença”, “os velhos são ranzinzas”, etc. (VERAS, 1995)Considerando que saúde e a qualidade de vida para todos são de fundamental importância e principalmente para os idosos, mais que em outros grupos etários, por sofrem a influência de múltiplos fatores físicos, psicológicos, sociais e culturais é que se faz necessário promover a saúde, considerando as variáveis de distintos campos do saber, numa atuação interdisciplinar e multidimensional. Possuir hábitos devida saudável, incluindo boa alimentação e maior atenção na área da saúde é possível compensar as mudanças naturais da idade e favorecer a boa forma e a saúde.
É notório o aumento da população idosa, e das mudanças sociais dele decorrentes, a discussão sobre o envelhecimento se dá numa conjuntura em que a disparidade de conceitos para explicar quem é o idoso e como se caracterizao processo de envelhecer, ainda está longe de diminuir. Sendo que podemos afirmar que o envelhecimento não é igual para todos, e, para além da idade, depende das condições objetivas de vida em fases anteriores do ciclo vital, do acesso aos bens e serviços, bem como da cobertura da rede de proteção e atendimento social.
Refletir sobre os aspectos relacionados à prevenção e promoçãoda saúde na terceira idade conhecer melhor as interrelações entre saúde, qualidade de vida e envelhecimento, assim como desenvolver ações sociais especificamente voltadas à prevenção e promoção da saúde e qualidade de vida, visando uma estratégia fundamental de ampliação do envelhecimento bem-sucedido é que consiste a realização deste trabalho.
Chegar à terceira idade e poder vivermais e melhor significa não apenas ter saúde física, mas há uma grande necessidade de promover para o idoso o equilíbrio emocional e social. O idoso precisa ser visto como pessoa que já viveu etapas, que já passou por diversas situações como sofrimento, e lembrar que de maneira alguma pode ter descuidada a atenção para algumas questões fundamentais neste momento de sua vida: saúde, qualidade devida, inserção social, atenção humanizada, dentre outros fatores.
É de grande importância o apoio da família para o idoso, é no grupo familiar que os conflitos e situações podem ou não serem resolvidos, é nesse sistema que se busca estabilidade emocional gerenciando-os a partir de recursos próprios (conhecidos ou potenciais) e resolvendo o problema instalado de forma adequada.Dessa grande interação surge o seu potencial transformador em busca de equilíbrio.
Mas atualmente as famílias estão em constante processo de transformação e mudança, onde as famílias são compreendidas como sistemas baseados nas relações, com base em ganhos e perdas, distribuição do poder de cada um de seus membros, estabelecimento de papéis, desenvolvimento de códigos, simbologias e...
tracking img