Terceira idade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2394 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Introdução
    A velhice é mais uma etapa da vida, e devemos nos preparar para vivê-la da melhor maneira possível. Ao longo da vida vamos aprendendo e amadurecendo. A terceira idade é momento mais alto da maturidade. Os idosos têm em seu poder um tesouro de sabedoria e de experiência e, por isso, merecem respeito, devendo ser valorizados e não marginalizados.
    Segundo Geis (2003), “o idosodeve ter atitudes positivas na vida, e a primeira dessas atitudes básicas é aprender a ser ele mesmo, aprender consigo mesmo, a conhecer-se de forma como é, com suas dimensões reais, espaciais, temporais, corporais, espirituais.”
    Por que envelhecemos? Uma das teorias do envelhecimento sugere que o oxigênio inalado através do aparelho respiratório, em nosso caso os pulmões, é captado pelosglóbulos vermelhos do sangue. Pelo sistema circulatório, é transportado até os diferentes órgãos e tecidos. Quando a molécula de oxigênio chega ao interior da célula, penetra no interior de um orgânulo intracelular denominado mitocôndria. As mitocôndrias, mediante complexas reações químicas, são capazes de aproveitar o oxigênio e dele obter energia. Consequentemente, a partir dessas reações químicas,são produzidas algumas substâncias de resíduos. Essa espécie de lixo, a medida que vai sendo acumulada, é tóxica para a mitocôndria.
    Quando houver uma quantidade suficientemente grande de lixo, a mitocôndria será incapaz de realizar novas reações para aproveitar o oxigênio. Quando isso ocorre em um determinado número de mitocôndrias, a célula não pode mais obter energia e morre.
    Essefenômeno, ocorrendo repetidamente nos diferentes tecidos do organismo vivo, condiciona seu envelhecimento. A capacidade de aproveitar o oxigênio, que supõe a possibilidade da vida, é paradoxalmente, a responsável pelo envelhecimento celular e, portanto, pelo envelhecimento do indivíduo (GEIS 2003, p.23).
    Conforme WAGORN (2002), uma das coisas mais maravilhosas deste mundo é ver pessoas adultas,entre 80 ou 90 anos, envelhecerem saudavelmente, com autonomia e capacidade para resolverem, sozinhas, as suas próprias coisas, para viverem de forma independente e ativa suas vidas sem se abalarem com o envelhecimento e com o que representa, sem deixar que este crie barreiras para o prosseguimento do ritmo natural da vida.
Aspectos psicológicos do envelhecimento
    Quanto mais a vida forenriquecida em termos de recursos para se enfrentar diferentes situações, melhor se enfrentará a velhice e os possíveis problemas que podemos encontrar nessa fase da vida. Deve-se procurar seguir evoluindo sempre, tanto física quanto intelectualmente, sem deixar levar pela comodidade e pela rotina, fortalecendo-se, enriquecendo-se em todos os momentos e em qualquer idade. Deve-se sentir vital sempre,desde o nascimento até a morte.
    Parece ser básico viver sempre com ilusões, fazer planos, ter projetos a curto e longo prazo. Aprender a valorizar as pequenas coisas da vida e o que acontece no dia a dia fortalece e enriquece o idoso interiormente.
    Com a chegada da velhice, é importante não se fechar em si mesmo e não se deixar vencer pelos problemas e preocupações. Ainda que a sociedadenormalmente aposente os mais velhos, é necessário continuar sendo pessoas cheias de necessidades e de motivações. É importante aceitar com otimismo a nova situação, buscar e valorizar a todo o momento o aspecto positivo das coisas.
    É importante envolver-se em atividades gratificantes que ocupem o tempo livre do qual se dispõe, que ajudem a sentir-se melhor, a aceitar-se a si mesmo e aos demais.Algumas dessas atividades deverão ter por objetivo melhorar a agilidade do idoso, além de fazê-lo sentir, valorizar e conhecer o próprio corpo.
    Possivelmente, ao longo da vida, não se tenha dedicado tempo ao cuidado e ao conhecimento do corpo, deixando-o abandonado e esquecido, e só no momento em que este começa a falhar e a dar sinais externos de envelhecimento é que nos damos conta de...
tracking img