Terapia cognitivo comportamental e perda de peso

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 27 (6578 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Revista de Psiquiatria do Rio Grande do Sul
Print version ISSN 0101-8108
Rev. psiquiatr. Rio Gd. Sul vol.29 no.1 Porto Alegre Jan./Apr. 2007
http://dx.doi.org/10.1590/S0101-81082007000100015
ARTIGO DE REVISÃO
Evidências sobre a terapia cognitivo–comportamental no tratamento de obesos com transtorno da compulsão alimentar periódica
Mônica DuchesneI; José Carlos AppolinárioI; BernardPimentel RangéII; Silvia FreitasIII; Marcelo PapelbaumI; Walmir CoutinhoIII
IInstituto de Psiquiatria, Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Rio de Janeiro, RJ. Grupo de Obesidade e Transtornos Alimentares, Instituto Estadual de Diabetes e Endocrinologia, Rio de Janeiro, RJ
IIInstituto de Psicologia, UFRJ
IIIGrupo de Obesidade e Transtornos Alimentares, Instituto Estadual de Diabetes eEndocrinologia, Rio de Janeiro, RJ
Correspondência
________________________________________
RESUMO
OBJETIVOS: Avaliar as evidências sobre a eficácia da terapia cognitivo–comportamental no tratamento de obesos com transtorno da compulsão alimentar periódica.
MÉTODOS: Nesta revisão, foram incluídos ensaios clínicos e metanálises publicados entre janeiro de 1980 e fevereiro de 2006, em todas aslínguas. Foram excluídos estudos que investigassem a eficácia da terapia cognitivo–comportamental com uso concomitante de medicação, terapia cognitivo–comportamental no formato de manuais de auto–ajuda, relatos ou série de casos e cartas ao editor. As bases eletrônicas de dados consultadas foram: MEDLINE, PsycINFO, Embase, LILACS e Cochrane Library. A estratégia de busca incluiu também a checagemmanual das referências bibliográficas dos artigos selecionados e de capítulos de livros sobre o tema.
RESULTADOS: Foram encontrados dois ensaios clínicos abertos e 15 controlados. O desfecho primário na maioria desses estudos é a compulsão alimentar. No geral, os ensaios clínicos avaliados sugerem que o uso da terapia cognitivo–comportamental resulta numa melhora significativa da compulsãoalimentar e dos sintomas psicopatológicos associados ao transtorno da compulsão alimentar periódica, sem resultar em perda de peso substancial.
CONCLUSÕES: As evidências disponíveis sugerem que a terapia cognitivo–comportamental é um método de tratamento eficaz para o transtorno da compulsão alimentar, em relação aos componentes psicológicos dessa condição. Entretanto, sua eficácia na redução dopeso corporal e na manutenção dos seus efeitos no longo prazo ainda precisa ser melhor investigada.
Descritores: Terapia cognitivo–comportamental, tratamento, psicoterapia, transtorno da compulsão alimentar periódica, compulsão alimentar, obesidade.
________________________________________
Introdução
O transtorno da compulsão alimentar periódica (TCAP) é caracterizado por episódios decompulsão alimentar recorrentes na ausência dos comportamentos compensatórios inadequados para evitar o ganho de peso observados na bulimia nervosa (BN). Durante o episódio de compulsão alimentar, há um sentimento de falta de controle sobre o comportamento associado à ingestão de grandes quantidades de alimento, mesmo que o indivíduo esteja sem fome, e, em geral, levando a um grande desconforto. Esseepisódio é sucedido por um intenso mal–estar subjetivo, caracterizado por sentimentos de angústia, tristeza, culpa, vergonha e/ou repulsa por si mesmo1.
Apesar de o peso não ser um critério diagnóstico, o TCAP freqüentemente se associa ao sobrepeso e a diversos graus de obesidade. Enquanto sua prevalência estimada na população em geral pode variar entre 1,82 e 4,6%3, aproximadamente 30% dosindivíduos obesos que procuram tratamento para emagrecer apresentam esse transtorno2,3, tendo sido observada uma associação positiva entre a presença da compulsão alimentar e o aumento da adiposidade3,4.
Os obesos com TCAP, quando comparados aos sem esse transtorno, apresentam mais sintomas psicopatológicos gerais ou alimentares4. Em relação ao primeiro grupo, foram identificados maiores níveis de...
tracking img