Teorias sobre o comercio internacional

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1471 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
FACULDADE ATENAS MARANHENSE - FAMA
CURSO DE ADMINISTRAÇÃO
TURMA: 123 – 6º PERÍDO – MATUTINO
DISCIPLINA: NEGÓCIOS INTERNACIONAIS

AS TEORIAS SOBRE O COMÉRCIO INTERNACIONAL

São Luís
2012
AS TEORIAS SOBRE O COMÉRCIO INTERNACIONAL
As diversas teorias acerca do comércio internacional são tentativas de avaliar o impacto sobre a produção nacional, a renda nacional e emprego das relaçõeseconômicas que determinado pais estabelece com o resto do mundo. Tais relações envolvem fluxos reais, como exportação e importação de mercadoria, e fluxos monetários, como a exportação e importação de capital, além do pagamento recebimento de juros, lucros e dividendos. Para elucidar o desenvolvimento do comercio internacional, deve-se observar as teorias apresentadas sobre o tema ao longo do tempo,iniciando com a era mercantilista.

OS MERCANTILISTAS
A primeira tentativa de compreender o papel do comercio exterior junto às economias nacionais foi empreendida pelos mercantilistas. Denomina-se mercantilismo a fase que marca a passagem do Feudalismo para o Capitalismo, entre os séculos V ao XVII, e de mercantilistas, os autores que tentavam compreender a complexidade da nova realidade que ocapitalismo proporcionava, onde ressaltasse as transformações, sociais, culturais, políticas religiosa e cientifica ocorridas durante tal transição, conhecida por muitos como modernidade.
Muitos historiadores consideram os mercantilistas como os primeiros economistas, pois seus escritos eram baseados em temas econômicos. O foco principal de tais escritos era compreender em que consistia a riquezade um pais, onde a correta conceituação de riqueza de um pais. A correta conceituação da riqueza permitia avaliar qual Estado Nacional era o mais rico, além de permitir a concepção de políticas econômicas que propiciassem o enriquecimento das nações.
No tocante do pensamento mercantilista, a conceituação de riqueza consiste no estoque de metais preciosos (ouro e prata) que determinado paísdispõe. Quanto maior o estoque de metais preciosos, mais rico é o país e por conseqüência, a sua população.
Para enriquecer, ou seja, aumentar a quantidade de metais preciosos, haviam na época várias maneiras. A primeira consistia em aumentar a produção, ampliando a produção das minas já existentes ou procurar novas minas pelo país. A segunda forma era procurar novas minas em outros países. A terceiramaneira foi o saque e a pirataria. Já a última maneira era a que os estudos mercantilistas defendiam: o comércio, pois segundo estes, manter uma balança comercial favorável (mantendo as importações de mercadorias menores que as exportações), resultava no aumento do estoque de metais preciosos, como conseqüência o enriquecimento do pais e de sua população.

A TEORIA DO EQUILIBRIO AUTOMÁTICO DABALANÇA COMERCIAL
Partindo do pressuposto de que o poder de compra é inversamente proporcional à sua quantidade, premissa aceita pelos próprios mercantilistas, o filósofo inglês David Hume mostrou que a quantidade de metais preciosos é indiferente. Se a quantidade de metais aumenta dentro de um país, a conseqüente queda do poder de compra da moeda determinará um aumento da quantidade de dinheironecessária para adquirir os produtos, gerando um processo inflacionário.
A Teoria do Equilíbrio Automático da Balança Comercial defendia a ideia da existência de organismos automáticos que garantiam uma tendência ao equilíbrio na Balança Comercial. Tal teoria partia de suposições simplificadas: considerava como moeda corrente apenas o ouro, onde a quantidade de moeda em circulação aumentava oudiminuía juntamente com o estoque de ouro do país. Esse equilíbrio se dá por um procedimento que se desenvolve ao ocorrer um superávit ou déficit na Balança Comercial de um país.
Por exemplo: caso um determinado país atingir superávit em sua Balança Comercial, seu estoque de ouro crescerá, contudo, haverá inflação, desestimulando as exportações e, ao mesmo tempo, estimulando as importações....
tracking img