Teorias classicas do comercio internacional

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1196 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
TEORIAS CLÁSSICAS DO COMÉRCIO INTERNACIONAL

MERCANTILISTAS Mercantilistas:

X ECONOMISTAS CLÁSSICOS

Acreditavam em um mundo de conflitos: cada nação buscando sua riqueza pelo acúmulo de metais (entesouramento). Economistas Clássicos: Acreditavam em um mundo de harmonia e paz: a riqueza advinha da capacidade do país produzir de forma eficiente bens que poderiam ser trocados por aquelesque o país não produzia de forma competitiva.

MERCANTILISTAS

X ECONOMISTAS CLÁSSICOS

Quando dois lugares ou cidades comercializam entre si, essa teoria (mercantilista) supõe que, se a balança comercial entre os dois estiver em equilíbrio, nenhum dos dois ganha ou perde, ao passo que, se a balança pender, em qualquer grau, para um dos lados, uma delas perde e a outra ganha, na proporção emque a balança se desviar de seu ponto exato de equilíbrio. Ambas as suposições são falsas. Ao contrário, o comércio que sem violência ou coação é afetado com naturalidade e regularidade entre dois lugares sempre traz vantagem para os dois lados, ainda que essa vantagem não seja sempre igual para ambos. Por vantagem ou ganho entendo não o aumento da quantidade de ouro e prata, mas o aumento dovalor de troca da produção anual de seus habitantes. (Adam Smith)

3- TEORIAS CLÁSSICAS DO COMÉRCIO INTERNACIONAL

 Teoria das Vantagens Absolutas – Adam Smith
 Desenvolveu

a teoria das vantagens absolutas como a base do comércio internacional;  Adam Smith inicia sua teoria pela simples constatação que duas nações só realizarão comércio voluntariamente entre si quando ambas saíremganhando;  Se uma das nações não ganhasse nada ou perdesse, simplesmente se negaria a realizar o comércio;  Porém a questão era determinar como é que este comércio mutuamente benéfico poderia ocorrer, de onde vêm os ganhos com o comércio?

3- TEORIAS CLÁSSICAS DO COMÉRCIO INTERNACIONAL

 Teoria das Vantagens Absolutas – Adam Smith
 Cada país deve se concentrar na produção dos bens que lheofereça vantagem absoluta;  Aquilo que exceder o consumo interno do bem produzido, deveria ser exportado, e a receita equivalente ser utilizada para importar os bens produzidos em outro país;  Os economistas da época de Adam Smith defendiam que, contrariamente ao intervencionismo governamental do mercantilismo, os países sairiam ganhando com o livre comércio e a política do laissez faire deveria seradotada.

3- TEORIAS CLÁSSICAS DO COMÉRCIO INTERNACIONAL

 Teoria das Vantagens Absolutas – Adam Smith
Laissez faire: deixai fazer, deixai ir, deixai passar Uma "mão invisível“ regulava e orientava a economia: o governo deveria deixar o mercado e os indivíduos livres para lidar com seus próprios assuntos. “O comércio internacional, para gerar vantagens para todos os parceiros comerciais, deveficar livre de interferências das legislações nacionais e práticas de comércio monopolizadoras.”

3- TEORIAS CLÁSSICAS DO COMÉRCIO INTERNACIONAL

 Teoria das Vantagens Absolutas – Adam Smith
Fundador do estudo sistemático e organizado da Economia e um dos principais pensadores na história humana. “Os países deviam usar suas capacidades naquilo que tem vantagem sobre seus vizinhos e compraraquilo de que venham precisar” Exemplo: • Assuma que, devido a condições climáticas, os EUA são eficientes na produção de trigo, mas não conseguem cultivar de forma eficiente bananas;

3- TEORIAS CLÁSSICAS DO COMÉRCIO INTERNACIONAL

 Teoria das Vantagens Absolutas – Adam Smith
Exemplo: • Por outro lado, o Brasil cultiva bananas com eficiência, porém é muito ineficiente na produção detrigo; • 1 hora de trabalho produz 6 hectares de trigo nos EUA, porém apenas 1 hectare no Brasil; • Por outro lado, 1 hora de trabalho produz 5 hectares de bananas no Brasil e 4 nos Estados Unidos. • O Brasil tem vantagens absolutas na produção de bananas e os EUA na produção de trigo; • Com o comércio, cada um se especializaria no que possui vantagem trocando os excedentes entre si.

3- TEORIAS...
tracking img