Teoria geral da contabilidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 42 (10408 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
APOSTILA I
TEORIA GERAL
DA CONTABILIDADE










“O que vale na vida não é o ponto
de partida e sim a caminhada.
Caminhando e semeando, no fim
terás o que colher.”

Cora Coralina
EVOLUÇÃO HISTÓRICA DA CONTABILIDADE

1- Introdução

Para melhor compreensão do estudo em qualquer área do conhecimento se faz necessário a compreensão da evolução histórica do objetoque pretende estudar. Com a Ciência Contábil não é diferente, teremos que, em nosso estudo, relatar e analisar os principais fatos que influenciaram na evolução histórica da Contabilidade. D’Auria (1924, p.43) coloca que:

“A história da Contabilidade, como toda história humana, diz-nos do passado, para termos lições a seguir do futuro. A sciência da Contabilidade não está definitivamenteconstituída. Ao futuro cabe este honroso papel. O futuro precisa das lições do passado. Conhecer a origem da Contabilidade e seu evoluir através dos tempos é, portanto, um dos nossos deveres, se quizermos – como devemos querer – elevar a nossa disciplina.”

Sob esta ótica, iniciamos o estudo da história contábil, entre o final do século XIX e meados do século XX, por considerar que a partir desteperíodo se iniciou a busca mais contundente por um arcabouço teórico que respondesse as necessidades dos usuários da informação contábil e, consequentemente, à regulamentação do exercício contábil.
Os primeiros sinais objetivos da existência da contabilidade, segundo alguns pesquisadores, foram observados por volta do ano 4.000 a C , na civilização Sumério-Babilonense e coincidiu com a invenção daescrita.
As primeiras anotações eram feitas em termos físicos pois somente haviam trocas, o que fez com que sua evolução fosse bastante lenta. Em 1.100 a C, este quadro se alterou, por ocasião do surgimento da moeda.
Há informações que os primeiros rudimentos de balanço surgiram no ano de 1.300 em Florença, Itália.
Entre os séculos XIII e XVII a contabilidade se distinguiu como uma disciplinaadulta, justamente pelo fato de que neste período a atividade mercantil, econômica e cultural era muito importante, ou seja, a evolução da contabilidade sempre está associada ao desenvolvimento da sociedade como um todo. Esse fato tem feito que mais recentemente venha sendo considerada como pertencente ao ramo da ciência social.
A intensidade das atividades mercantis, econômicas e culturais,determinou o surgimento e domínio das escolas de contabilidade, notadamente na Itália.

2 Escola Italiana de Contabilidade

Com o surgimento do Método de Partidas Dobradas no século XIII ou XIV, e sua divulgação através da obra “La Summa de Arithmetica, Geometria, Proportioni et Proportionalitá” de autoria do Frei Luca Pacioli, publicada em Veneza em 10/11/1494 (1ª edição), a escola italiana ganhouum grande impulso, espalhando-se por toda a Europa.
Várias correntes de pensamento contábil se desenvolveram dentro da escola italiana, sendo as mais relevantes: o contismo, o personalismo, o neocontismo, o controlismo, o aziendalismo e o patrimonialismo.

2.1 - Escola Contista

Constituiu-se na primeira corrente de pensamento contábil (1494). Seu surgimento está relacionado aos estudosfeitos pelos primeiros expositores do Método de Partidas Dobradas. Os defensores dessa corrente, adotaram como idéia básica o mecanismo das contas, centrando sua preocupação no seu funcionamento, esquecendo-se que a conta é apenas conseqüência das operações que acontecem numa entidade, e que essas operações devem merecer a máxima atenção da contabilidade.
Para os criadores da escola contista, apreocupação central da contabilidade era com o processo de escrituração e com as técnicas de registro através das contas.
O objetivo das contas era sempre o de registrar uma dívida a receber ou a pagar, coincidindo com a origem do crédito nas relações comerciais.
Com o início do regime sócio-econômico, onde os meios de produção passaram a pertencer a qualquer pessoa que possuísse capital, as...
tracking img