Teoria emilia ferreiro

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 19 (4654 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Educação e Pesquisa: a produção do conhecimento e a formação de pesquisadores Lins, 17 – 21 de outubro de 2011

III ENCONTRO CIENTÍFICO E SIMPÓSIO DE EDUCAÇÃO UNISALESIANO

ALFABETIZAÇÃO HOJE: TEORIAS, CONCEPÇÕES VIGENTES E PRÁTICAS DOCENTES DOS PROFESSORES ALFABETIZADORES. Cássia Leticia Fernandes – cassialeticia@yahoo.com.br Dulcimar Betramini Rodrigues – dulcibetramini@ig.com.br ÉdinaAparecida de Souza Silva – ednasosilva@hotmail.com Flavia Dayany Claudino de Souza – flaviadayany@ig.com.br Profa. Orientadora Denise Rocha Pereira – deniserochap@hotmail.com RESUMO O presente trabalho objetiva conhecer quais são as teorias e concepções vigentes, referentes à alfabetização, e como os professores alfabetizadores têm articulado, em suas práticas docentes, tais concepções teóricas. Oprocedimento metodológico utilizado foi estudo qualitativo, em aproximação de categorias de resposta, empregando questionário a professoras que trabalham com turmas em processo de alfabetização. Questionou-se, até que ponto há uma real compreensão, dos educadores sobre teorias educacionais, a respeito da língua e sua aquisição, no ato de ler e escrever. Nas considerações finais, destacou -se ascontribuições que o tema pode trazer para melhoria da prática alfabetizadora, nos dias atuais. Palavras-chave: Alfabetização. Letramento. Aprendizagem. Prática Pedagógica.

INTRODUÇÃO É imprescindível para o educador refletir sobre a relação teoria e prática, a fim de conduzir melhor sua atuação pedagógica. Neste sentido, o presente artigo procura conhecer quais são as teorias e as concepçõesvigentes, referentes à alfabetização, nos dias de hoje, e como os professores alfabetizadores têm articulado, em suas práticas docentes tais concepções teóricas. Considerando essa temática, os objetivos desse trabalho foram, portanto, o de pesquisar a respeito da construção da leitura e da escrita e sua utilização social, nos dias de hoje; pesquisar teorias que nortearam o processo de alfabetização, bemcomo as concepções hoje vigentes e, paralelamente, identificar, a partir da pesquisa de campo, as concepções teóricas que os professores alfabetizadores possuem; refletir sobre as diferenças semânticas entre letrar e alfabetizar, buscando possíveis relações entre esses dois processos, na prática docente de professores alfabetizadores e, por fim, conhecer os programas de formação de professores,oferecidos pelo Poder Público e, por meio da pesquisa de campo, verificar se, de fato, houve participação dos professores alfabetizadores, bem como impactos nas práticas docentes.

Educação e Pesquisa: a produção do conhecimento e a formação de pesquisadores Lins, 17 – 21 de outubro de 2011

III ENCONTRO CIENTÍFICO E SIMPÓSIO DE EDUCAÇÃO UNISALESIANO

Este trabalho, quanto aos procedimentos,foi bibliográfico a partir de material já elaborado, constituído principalmente de livros e de pesquisa de campo, com solicitação de informações a um grupo professores alfabetizadores, por meio de questionário. Espera-se, contudo, que este artigo, contribua para que o processo alfabetizador seja cada vez mais estudado pelos profissionais docentes, buscando enriquecer seus conhecimentos teóricos,para que possam, cada vez mais, ter uma prática pedagógica eficaz.

Desenvolvimento
1 A CONSTRUÇÃO SOCIAL DA ESCRITA

Apesar de muitos povos ainda serem ágrafos e a oralidade desempenhar uma função muito importante na comunicação social, registros históricos mostram que a escrita surgiu da necessidade de os homens se comunicarem uns com os outros, já que a oralidade, em muitas situações, nãoera suficiente. No entanto, não teria valia inventar símbolos para comunicar ou registrar coisas simplesmente, era preciso decifrar e entender esses símbolos, de forma coletiva, garantindo a compreensão entre emissores e receptores. Nesta perspectiva, a humanidade foi aprimorando esse código, de acordo com suas necessidades, até chegar à escrita convencional dos dias de hoje, tornando-se...
tracking img