Teoria do consumidor

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1645 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Teoria do Consumidor
(Cap. 10 e 11 – Krugman & Wells

Cap. 3 – Pyndick & Rubinfeld
Cap. 3 - Varian)

2º SEMESTRE 2010

Marta Lemme - IE/UFRJ

Consumidor Racional
Os consumidores escolhem a melhor cesta de bens que podem adquirir  Questões: - como determinar as possibilidades de compra? => Restrição orçamentária - como determinar a satisfação fornecida pelas cestas?  Preferências doconsumidor -como determinar a combinação de mercadorias que maximizarão a satisfação do consumidor?  Escolhas do consumidor
Marta Lemme - IE/UFRJ

Preferências do Consumidor
Uma cesta de consumo é um conjunto de uma ou mais mercadorias

Cesta A 2 unid de alimento + 1 unid bebida

Cesta B 1 unid de alimento + 2 unid de bebida

Qual cesta é preferida pelo consumidor?

Marta Lemme -IE/UFRJ

Preferências do Consumidor
O consumidor é capaz de ordenar várias cestas em ordem de preferência Dadas duas cestas quaisquer, x e y, o consumidor é capaz de identificar se x é melhor do que y ou se y é melhor do que x ou se as duas cestas são equivalentes em termos de satisfação ESSA RELAÇÃO É CHAMADA DE PREFERÊNCIA e a representamos por (prefere ou é indiferente) Preferência estrita: xy; x y e não vale y x;

Indiferença: x ~ y; x

y e

y

x

Varian Capítulo 3

Marta Lemme - IE/UFRJ

Preferências do Consumidor
• Três premissas básicas (“axiomas”): 1) Completas. => Duas cestas quaisquer podem ser comparadas. Para quaisquer cestas x e y, x y ou y x ou ambas (são indiferentes) 2) Reflexivas => Qualquer cesta é certamente tão boa quanto uma cesta idêntica: x x 3)Transitivas => Se x

y ey

z, então x

z

Varian Capítulo 3

Marta Lemme - IE/UFRJ

Preferências do Consumidor
O axioma da transitividade é crucial para a teoria do consumidor. Sem ele, não é possível identificar a cesta preferida. Ausência de transitividade => dutch book (sequência de trocas que levaria o consumidor a perder todo o seu dinheiro)

x

y; y

z; z

x

x+$

xy

z

x
y +$ z+$

Consumidor tem cesta x

Marta Lemme - IE/UFRJ

Lara Rezende, JG – Notas de Aula 3 Graduação - UnB

Preferências do Consumidor
Cesta A B D E G H Alimentos 20 10 40 30 10 10 Bebidas 30 50 20 40 20 40

Bebidas (unid/sem) H

B

E A

O consumidor prefere a cesta A a todas as cestas da área azul, enquanto todas as cestas da área verde são preferidas a A.
Osconsumidores, normalmente, preferem quantidades maiores de uma mercadoria

G

D

Marta Lemme - IE/UFRJ

Alimentos (unid/sem)

Pindyck & Rubinfeld = Capítulo 3 ©2006 by Pearson Education do Brasil

Preferências do Consumidor e Curva de Indiferença
Bebidas (unidades por semana) As cestas B, A, & D proporcionam a mesma Satisfação (B ~ A ~ D) B H

50
40 30 20

E
A

•E é preferida aqualquer cesta em U1 •Cestas em U1 são preferidas aH&G
Curva de Indiferença D

G

U1
Alimento (unidades por semana)
Pindyck & Rubinfeld = Capítulo 3 ©2006 by Pearson Education do Brasil

10

10
Marta Lemme - IE/UFRJ

20

30

40

Curva de Indiferença

Representa todas as combinações de bens que proporcionam o mesmo nível de satisfação a uma pessoa.

Marta Lemme - IE/UFRJPindyck & Rubinfeld = Capítulo 3 ©2006 by Pearson Education do Brasil

Curva de Indiferença
=> Em geral, a curva de indiferença apresenta inclinação negativa, da esquerda para a direita.


Uma inclinação positiva violaria a premissa de que uma quantidade maior de mercadoria é preferida a uma menor.

=> Qualquer cesta de consumo localizada acima e à direita de uma curva de indiferença épreferida a qualquer cesta de consumo localizada sobre a curva de indiferença
Bebidas

Alimentos

Marta Lemme - IE/UFRJ

Pindyck & Rubinfeld = Capítulo 3 ©2006 by Pearson Education do Brasil

Preferências Bem Comportadas
• Monotonicidade (mais é melhor) => inclinação negativa • Média é preferível ao extremo => convexa em relação à origem
A = (5;10) e B= (10;5), sendo A ~ B Média...
tracking img