Liberdade: natural e civil?

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (251 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
LIBERDADE: Natural e civil?
"O que o homem perde pelo contrato social é sua liberdade natural e um direito
ilimitado a tudo que o tenta eque pode atingir; o que ganha é a liberdade civil e a
propriedade de tudo o que possui." Jean-Jacques Rousseau
Com o próprio Rousseau explicaem seu livro O Contrato Social, "é preciso
distinguir bem a liberdade natural - a qual tem por limites somente a força do indivíduo daliberdade civil - a qual é limitada pela vontade geral e posse - que é apenas o efeito da
força do direito do primeiro ocupante da propriedade".Pode-se dizer que a liberdade natural é o estado do humano por ele em si, o
seu estado de instinto, o que exprime a natureza humana pura, com seusinstintos e afins.
Esse estado natural abrange o "direito do mais forte", todas as vontades do homem, é o
estado bruto, que proporciona umarealidade egoísta, um estado focado nas unidades ao
invés do pensamento coletivo.
O Estado civil é aquela que vida o bem-estar social. Oestado civil é
estabelecido depois da elaboração de uma constituição (em si, o contrato social). Provém
a liberdade civil aos cidadãos e odireito à posse a tudo que os pertence, não podendo ser
tomado por outros através da força; vigora por muito a "lei do primeiro ocupante".
Podehaver controvérsias entre qual das duas liberdades é a melhor opção
para cada indivíduo, mas isto agora não constitui assunto para mim.

tracking img