Tempo de pega do cimento

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1226 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Tempo de pega do cimento



O objetivo do experimento é determinar o tempo de pega do cimento com o Aparelho de Vicat. Nesta experiência, o cimento utilizado foi o CPB-40, estrutural. O Tempo de Pega é em condições de ensaio normalizadas, o intervalo de tempo transcorrido desde a adição de água ao cimento até o momento em que a agulha de Vicat correspondente, penetra na pasta atéuma distância de (4 ± 1) mm da placa base, já para o fim de pega, define-se que este tempo ocorre quando a agulha estabiliza a 0,5 mm na pasta.
Na prática, os tempos de pega referem-se às etapas do processo de endurecimento, solidificação ou enrijecimento do cimento e, em conseqüência, do concreto
O tempo de inicio de pega é mais fácil de ser entendido. O cimentonecessita de água para formar um processo cristalino que conduz a sua solidificação, principal característica reológica. Usamos o termo “hidratação’ para designar as reações deste processo. Porém, os compostos que formam o cimento (aluminatos e silicatos na maioria) não reagem com a mesma velocidade, ou melhor, não se hidratam ao mesmo tempo. Segundo os pesquisadores METHA & MONTEIRO as reações comaluminatos ocorrem primeiro e são as responsáveis pela perda da consistência e pela pega. Já as reações com os silicatos respondem pelo endurecimento e ganho de resistência mecânica em idades posteriores.
O momento de início da cristalização ou do endurecimento é chamado de tempo de inicio de pega. No concreto, este tempo determina o período útil que temos para terminar o processo deaplicação, ou seja, compreende desde a mistura dos materiais - contato da água com o cimento – até o seu adensamento e acabamento final.
O tempo de fim de pega é definido como o momento final do enrijecimento do concreto ou o inicio do ganho da resistência mecânica propriamente dita. Talvez por isso, as normas brasileiras determinem seu valor máximo, que é de 10 horas. Porém, na prática, não outilizamos para as medidas pós-acabamento como a cura, serragem para execução de juntas ou polimento superficial. Tampouco para o cálculo das dosagens ou mesmo no processo de fabricação do cimento.
Os tempos de pega contam hoje com diversos aditivos que aceleram ou retardam estes tempos, sem prejuízo para o desenvolvimento das outras características do concreto, como as resistências.Em determinadas situações de concretagem as alterações destes tempos são muito úteis e até necessárias, como no transporte do concreto em longas distâncias ou regiões de tráfego complicado.


Procedimento


A quantidade de cimento utilizada foi de 500g e a quantidade de água foi de 150g. Após o preparo da pasta, esta foi colocada no molde que estava apoiado na placa de metal.Ajustou-se o indicador do aparelho de Vicat no zero.
Levantando a haste e fixando-a, rasou-se o topo do molde com a espátula, e este no aparelho de Vicat. Então, descemos a agulha até a superfície da pasta e deixamos que ela caísse durante certo tempo.



1ª Fase: Determinação da Consistência

Fabrica-se uma pasta com uma quantidade de água conhecida, enche-se o molde. Logo apósfaz-se descer livremente sobre o molde a sonda de Tatmajer, sem velocidade inicial. A pasta é dita de consistência normal, quando a sonda parar a 6 ± 1 m do fundo do molde.

2ª Fase: Determinação dos Tempos de Início e Fim de Pega

Início de pega: É o tempo decorrido desde o instante do lançamento da água sobre o cimento, até o instante em que a agulha de Vicat parar a 4 ± 1mm do fundo do molde.(esse tempo não pode ser inferior a 1(uma) hora).
Fim de pega: É tempo decorrido desde o instante do lançamento da água sobre o cimento, até o instante em que a agulha de Vicat pare a 38mm do fundo do molde.



Materiais/Equipamentos:


- Balança com precisão de 0,01g;
- Misturador mecânico;
- Espátula;
- Copo de Becker;
- 500 ± 0,1g de cimento;
- Molde tronco cônico e placa de...
tracking img