Tecnologicas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1739 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
TECNOLOGIAS MODERNAS APLICADAS À CARTOGRAFIA

As novas tecnologias da informação - satélites, computação e telecomunicações, por exemplo - têm possibilitado a utilização de novas técnicas de coleta e processamento de dados do espaço geográfico, abrindo caminhos para a cartografia. Como resultado, os mapas estão cada vez mais precisos, e diversas operações, que no passado eram caras edemoradas, hoje são feitas com rapidez e a custo cada vez menor. Novos equipamentos fotogramétricos, imagens captadas por satélites, sistema de posicionamento global (GPS) e mapas digitais são alguns dos recursos que têm contribuído para o avanço da cartografia. Vamos analisar alguns deles.


Sensoriamento remoto
Sensoriamento remoto é o conjunto de técnicas de captação e registro de imagens adistância por meio de diferentes sensores, como equipamentos fotográficos, scanners de satélites e radares. As imagens obtidas podem revelar muitos dos elementos geográficos da superfície terrestre, como florestas, áreas de cultivo e cidades, e da atmosfera, como nuvens ou fumaça de incêndios florestais.
As primeiras imagens aéreas da superfície da Terra foram tiradas de balões, ainda no séculoXIX. Mas o sensoriamento remoto só se desenvolveu a partir da Primeira Guerra Mundial (1914-1918), com a utilização de aviões. Nessa época, os interesses militares propiciaram um grande avanço na aerofotogrametria, que consiste em captar imagens da superfície terrestre com equipamentos fotográficos especiais acoplados no piso de um avião. Voando em velocidade constante e em rotas preestabelecidas, oequipamento vai tirando fotografias parcialmente sobrepostas, em intervalos regulares. Depois, para corrigir falhas e imperfeições, as fotos passam por equipamentos chamados restituidores. O material obtido serve de base para a elaboração de cartas e mapas.
A escala de uma foto aérea, assim como a área fotografada, é definida pela distância focal da câmara e a altura da aeronave. Quanto maisalto for o vôo e mais curta a distância focal, menor é a escala. Até hoje a maioria dos mapas topográficos é produzida por intermédio da aerofotogrametria. Novos avanços no sensoriamento remoto, entretanto, advieram do uso de satélites e computadores.
O lançamento do satélite artificial Sputnik em 1957, pela extinta União Soviética, deu início à conquista do espaço sideral, abrindo novoshorizontes para a observação do planeta e para o mapeamento do espaço geográfico terrestre. Em 1972, os Estados Unidos lançaram o primeiro satélite de observação da Terra, da série Landsat (Land Satellites). Desde então órgãos como o United States Geological Survey (USGS), dos Estados Unidos, o Institut Géographique National (IGN), da França, e o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE),têm à disposição imagens de todo o planeta. Atualmente estão em operação os satélites Landsat, séries 5 e 7.
Além dos satélites da Landsat, há vários outros na órbita da Terra rastreando permanentemente sua superfície, como os da série francesa Spot (Sistéme Probatoire de L’Observation de Ia Terre), o ERS (European Remote-Sensing Satellite), da Agência Espacial Européia, e o CBERS(Chinese-Brazilian Earth Resources Satellite, ou Satélite Sino-Brasileiro de Recursos Terrestres). O projeto deste último foi desenvolvido pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) e pela Academia Chinesa de Tecnologia Espacial (CAST) e resultou no lançamento do CBERS 1 em 1999, e CBERS 2, em 2003.
As imagens feitas pelos satélites, convertidas em dados numéricos e enviadas a uma estação terrestre,são processadas por computadores. Com essas informações, podem ser produzidas com grande rapidez diversas imagens da superfície do planeta, incluindo os mapas. Usualmente se confeccionam mapas temáticos, de escala pequena, nos quais o que mais interessa são os temas representados; os topográficos, de escala grande, em que se exige maior precisão, continuam sendo feitos com base em fotos...
tracking img