Tecnologia e sociedade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (694 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de março de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Lya Luft A sordidez humana "Que lado nosso é esse, feliz diante da desgraça alheia? Quem é esse em nós, que ri quando
o outro cai na calçada?"
Ando refletindo sobre nossa capacidade para o mal, asordidez, a humilhação do outro. A tendência para a morte, não para a vida. Para a destruição, não para a criação. Para a mediocridade confortável, não para a audácia e o fervor que podem serprodutivos. Para a violência demente, não para a conciliação e a humanidade. E vi que isso daria livros e mais livros: se um santo filósofo disse que o ser humano é um anjo montado num porco, eu diria que oporco é desproporcionalmente grande para tal anjo. Que lado nosso é esse, feliz diante da desgraça alheia? Quem é esse em nós (eu não consigo fazer isso, mas nem por essa razão sou santa), que riquando o outro cai na calçada? Quem é esse que aguarda a gafe alheia para se divertir? Ou se o outro é traído pela pessoa amada ainda aumenta o conto, exagera, e espalha isso aos quatro ventos – talvezcorrendo para consolar falsamente o atingido?

|
O que é essa coisa em nós, que dá mais ouvidos ao comentário maligno do que ao elogio, que sofre com o sucesso alheio e corre para cortar a cabeçade qualquer um, sobretudo próximo, que se destacar um pouco que seja da mediocridade geral? Quem é essa criatura em nós que não tem partido nem conhece lealdade, que ri dos honrados, debocha dosfiéis, mente e inventa para manchar a honra de alguém que está trabalhando pelo bem? Desgostamos tanto do outro que não lhe admitimos a alegria, algum tipo de sucesso ou reconhecimento? Quantas vezesouvimos comentários como: "Ah, sim, ele tem uma mulher carinhosa, mas eu já soube que ele continua. Ou: "Ela conseguiu um bom emprego, deve estar saindo com o chefe ou um assessor dele". Mais ainda: "Ofilho deles passou de primeira no vestibular, mas parece que...". Outras pérolas: "Ela é bem bonita, mas quanto preenchimento, Botox e quanta lipo...". Detestamos o bem do outro. O porco em nós...
tracking img