Tecnologia do alcool e da aguardente

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1288 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO – UFPE
Centro de Tecnologia e Geociência
Engenharia Eletrônica
Tecnologia do Álcool e da Aguardente

Visita à Usina do Grupo JB

Relatório

David de Medeiros Pires

RECIFE, Maio/2012
RESUMO

O relatório seguir tem como objetivo descrever a visita da turma de Tecnologia do Álcool e da Aguardente à Usina de cana e álcool do grupo JB, onde foipossível, para muitos, ter o primeiro contato com uma Indústria.

INTRODUÇÃO

Com mais de 40 anos de experiência, o Grupo JB destaca-se no segmento agroindustrial pela diversidade e capacidade produtiva atendendo aos mercados nacional e internacional de açúcar, álcool, gás carbônico, energia, combustíveis, armazenagem e indústria química. Suas atividades estão concentradas nos Estados de Pernambucoe Espírito Santo.
 
O Grupo JB reúne empresas como: JB Açúcar e Álcool Ltda, Lasa - Linhares Agroindustrial S/A, Lastro Exportação e Importação S/A, e TECAB - Terminais de Armazenagens de Cabedelo Ltda. Responsável pela geração de 5.000 empregos diretos e 20.000 empregos indiretos, o grupo contribui com o desenvolvimento sustentável da região.

Por safra, o Grupo JB produz 60.000 m³ dedestilados, sendo: etanol hidratado, etanol anidro, etanol neutro e aguardente. 1.400.000 sacas de açúcar, sendo: açúcar demerara (VHP) e cristal. 350.000 m³ de CO2 e 195.000 MW de energia elétrica.

DESCRIÇÃO DA VISITA

Ao chegar na indústria, saímos da UFPE de meio dia e chegamos por volta das uma e meia, fomos imediatamente encaminhados para uma sala de briefing com técnicos de segurança e como representante Djair, que fez explicações prévias sobre a visita e diversos comentários a respeito do funcionamento da usina. Dentre os comentários, incluem instruções sobre o uso dos EPI’s, exposições de vídeos sobre elementos chave do processo industrial do álcool e uma apresentação do grupo JB além de um resumo dos procedimentos de funcionamento da produção como um todo. Depois da explicação,foi distribuído os equipamentos de segurança (óculos e capacete) para toda a turma.

Mesmo com a usina parada, é possível ter uma ideia da necessidade do protetor auricular, uma vez que as máquinas devem fazer constantemente um barulho ensurdecedor. Logo que a visita começa, o grupo passa pelo terraço onde são estacionados os equipamentos de obtenção da cana: tratores, caminhões, treminhões eetc.

O grupo segue, então, para a área de geração de bioenergia Pirapama. Lá estão duas turbinas geradoras, uma de condensação (Westinghouse) e outra de compressão (TGM). Cada gerador tem capacidade de 25MW, cuja soma é responsável por alimentar toda a usina e ainda sobrar energia para venda à Celpe.

O resto do caminho percorrido foi seguindo a trajetória normal da cana para os processos deprodução de açúcar e álcool cujos processos serão mostrados abaixo, passo-a-passo.

Princípios Básicos do Processo de Produção de Açúcar

1- Recepção de Cana 

A cana-de-açúcar é recebida na balança, pesagem e controle de matéria prima na indústria. 

2- Estocagem

A matéria prima é descarregada na mesa alimentadora, através de descarregadores laterais, chamados Hillo.

3 - Preparode Cana 

O preparo significa a picagem e o desfibramento, o que facilita o processo de esmagamento e a extração do caldo. 

4 - Esmagamento e Extração do Caldo 

O processo de extração do caldo é feito por esmagamento, através de um conjunto de rolos esmagadores, os quais extraem 98% do caldo contido nas fibras da cana-de-açúcar. Esta eficiência é possível, desde que os equipamentosestejam muito bem regulado. 

5 - Peneiragem

Após passar por um separador magnético, a cana está pronta para ir para a moagem. Cinco motores elétricos de alta potência extraem o caldo primário e o separam do bagaço.

O bagaço é separado a fim de gerar energia e vapor. No processo industrial, a energia gerada pela queima do bagaço é usada para a destilação do álcool, nos evaporadores e na...
tracking img