Tecnicas de contar historia como instrumento de intervençao psicopedagogica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 52 (12985 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO


A presente pesquisa realiza-se pela exigência legal do curso de Psicopedagogia da UENP – Universidade Estadual do Norte do Paraná, para obtenção do título de Especialista em Psicopedagogia do ano de 2009. Contudo, esta pesquisa não pretende contemplar todas as questões e definições sobre as técnicas de contar histórias como instrumento de intervençãopsicopedagógica. Trata-se de um trabalho delimitado sobre o assunto, que segundo a literatura vigente é um instrumento amplo de intervenção.
Atualmente é de conhecimento que poucas crianças têm o hábito de ler em nosso país e a grande maioria só tem o primeiro contato com a literatura apenas quando chega à escola, por isso é necessário que a literatura seja utilizada desde a EducaçãoInfantil como instrumento de aprendizagem, já que uma história traz consigo inúmeras possibilidades de aprendizagem.
No decorrer do trabalho procurou-se analisar como a contação de historias pode ser utilizada pelo professor para intervir diante das dificuldades de aprendizagem.
Diante das várias técnicas existentes de contar historias infantis, como o psicopedagogo pode utiliza-las naintervenção psicopedagogica com crianças que apresentam dificuldade de aprendizagem.
As fontes que embasaram esta pesquisa bibliográfica tiveram suporte teórico fundamentado em autores como: Weiss (200), Barbosa (2001), Chamat (2004), Abramovich (1997), Basso (2009)¹, dentre outros, buscando assim obter uma contextualização com os dados obtidos na pesquisa de campo.
Realizou-se umapesquisa de campo com a aplicação de uma entrevista semi estruturada a professoras de Educação Infantil de uma escola particular, tendo como objetivo analisar as formas de contação de histórias como meio de intervenção nas dificuldades de aprendizagem.
No primeiro capítulo abordou-se conceitos sobre psicopedagogia, as dificuldades de aprendizagem, o processo de intervenção e diagnóstico das mesmas._____________________
1. Disponínel em acesso em 10/out.2009
Na seqüência, o segundo capítulo apresenta a literatura infantil através da contação de histórias como meio de intervenção psicopedagogica.
O terceiro capítulo mostra os procedimentos metodológicos utilizados na realização deste trabalho, a seleção dos participantes da pesquisa de campo, a descrição dos dados obtidos e aanálise dos mesmos.
Desta forma, este trabalho pretende contribuir para a reflexão dos professores por meio da utilização das técnicas de contar histórias como instrumento de intervenção psicopedagógica .


























CAPÍTULO I

Psicopedagogia, Diagnóstico e Intervenção


1.1 Considerações sobre a Psicopedagogia Institucional e ClínicaSegundo Chamat (2004, p.17) a Psicopedagogia surgiu na França e logo em seguida na Argentina e foi introduzida no Brasil na década de 70 para atender a um grande numero de crianças com dificuldade de aprendizagem. Diante do grande caos que passa a França pós guerra e devido ao numero de crianças com dificuldade de aprendizagem uniram a Psicologia com a Pedagogia que deu origem a Psicopedagogia que éuma área que se utiliza de conhecimentos para trabalhar o aluno e as suas dificuldades escolares.
Aparentemente os sintomas de não aprender haviam desaparecidos mas logo voltavam as vezes em forma de doença psicossomáticas.Diante da volta dos problemas a Psicopedagogia ficou mais abrangente.
A Psicopedagogia atual não se focava mais aos sintomas,mas sim a origem odeles,adquiriram método da escuta dos sintomas , sujeito-ambiente. . Atualmente a Psicopedagogia vem tendo muitos avanços trabalhando as causas do não aprender de maneira lúdica, o Brasil também recebeu contribuições para expansão da área Psicopedagogica profissionais tais como:Sara Paín,Jacob Feldmann,Ana Maria Nuniz,Jorge Visca dentre outros.
O professor argentino...
tracking img