Tecnica para passar em concursos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1659 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Técnicas de estudo para concursos públicos
TÉCNICAS DE ESTUDO PARA CONCURSOS PÚBLICOS
Olá, pessoal! Hoje trago algumas técnicas para organizar e executar uma boa grade de
estudos para concursos públicos. É um pequeno extrato da palestra que ministrei na 5ª Feira
do Concurso, realizada no Rio de Janeiro, em 06/07/2008. Ao final do evento, várias pessoas
se mostraram interessadas no assunto eme pediram a divulgação de maiores detalhes sobre o
tema. Espero que o presente artigo seja de ajuda para todos os concurseiros.
PRINCÍPIO BÁSICO: FOCO EM UMA ÁREA
O foco do estudo não deve ser em um único cargo, mas em uma área (ex.: área fiscal, área de
controle e gestão, área policial, área de tribunais etc.). Isto para evitar que se fique na
dependência de um único concurso, que podedemorar a sair. E se o candidato não passar na
primeira tentativa, essa espera poderá ser de vários anos. Quanto ao assunto, ver meu artigo
“Estudar para um Concurso ou Estudar para Todos?”, na Seção “Fala, Candidato!” do
site da Editora Ferreira.
ETAPAS DO PLANEJAMENTO
1) Mensurar as horas disponíveis semanalmente;
2) Constituir blocos de estudo de duas horas, a serem preenchidos pelas diversasdisciplinas;
3) Mensurar quantos blocos devem ser atribuídos a cada matéria;
4) Selecionar as disciplinas da semana. Poderão ser adotados os métodos das semanas
alternadas ou das semanas sucessivas (ver exemplo à frente);
5) Não há rigidez na ordem e no horário de início dos blocos, o que importa é a carga de
estudos semanal de cada disciplina ser cumprida. É possível, ainda, o fracionamentode
blocos durante o dia;
6) Os atrasos devem ser compensados em horários destinados às demais atividades do dia-adia, sem, contudo, prejudicar demasiadamente a qualidade de vida. Eventuais feriados e
pontos facultativos também devem ser utilizados para tal fim;
7) Deve-se procurar, ao máximo, eliminar tempos mortos (ex.: viagens de ônibus e filas de
consultórios médicos).
OBS. 1: No item 2,o bloco de duas horas não é tão pequeno que evite a ambientalização com
a matéria a cada vez que a estudamos, nem tão longo que torne cansativo ficar no mesmo
assunto por muito tempo. Ainda assim, há pessoas que preferem estudar uma única matéria
por horas a fio. Vale alertar o candidato para o risco de se abandonar as outras disciplinas, ao
fazer uso dessa escolha.
OBS. 2: No item 3,deve-se considerar: o tamanho do conteúdo a estudar, por meio do uso de
fatores de dimensão do conteúdo (ver exemplo à frente); e o peso atribuído a cada disciplina
nas provas do concurso.
EXEMPLO:
Horas disponíveis:
Segunda a sexta: 4 h /dia
Sábado e domingo: 8 h /dia
Total da semana: 36 h /semana (18 blocos/semana)
Em um ano (52 semanas): 36 x 52 = 1.872 h /ano (936 blocos/ano)www.editoraferreira.com.br

-1-

Professor Luciano Oliveira

Técnicas de estudo para concursos públicos
Concurso desejado: Auditor Fiscal da Receita Federal do Brasil (Área Tributária e Aduaneira):
Disciplinas e respectivas pontuações nas provas (baseado no edital de 2005):
PORTUGUÊS:

20 pontos

(6,67%)

LÍNGUA ESTRANGEIRA:

10 pontos

(3,33%)

MATEMÁTICA FINANCEIRA:

7,5 pontos(2,5%)

ESTATÍSTICA:

7,5 pontos

(2,5%)

INFORMÁTICA:

15 pontos

(5%)

DIREITO CONSTITUCIONAL:

40 pontos

(13,33%)

DIREITO ADMINISTRATIVO:

40 pontos

(13,33%)

CONTABILIDADE GERAL:

40 pontos

(13,33%)

DIREITO TRIBUTÁRIO:

40 pontos

(13,33%)

DIREITO PREVIDENCIÁRIO:

30 pontos

(10%)

DIREITO INTERNAC. PÚBLICO:

15 pontos

(5%)

COMÉRCIOINTERNACIONAL:

15 pontos

(5%)

ECONOMIA:

10 pontos

(3,33%)

FINANÇAS PÚBLICAS:

10 pontos

(3,33%)

TOTAL:

300 pontos

(100%)

Dimensão do conteúdo da disciplina a estudar:
OBS. 3: Considerar não só o tamanho da matéria, mas também o conhecimento que o
candidato já tenha do assunto. Exemplo: um conteúdo grande pode ser considerado pequeno
se o candidato já dominar...
tracking img