Tcc sobre lixo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 21 (5112 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
8 ANÁLISE DOS RESULTADOS

Petrolina é um município brasileiro do Estado de Pernambuco, banhado pelo Rio São Francisco. Em conjunto com a vizinha cidade de Juazeiro, na Bahia, forma o maior aglomerado urbano do semi-árido. O pólo Petrolina-Juazeiro possui uma economia fortemente baseada na agricultura irrigada (BARROS et al, 2009 citando OLIVEIRA, 1991); esta é a única alternativa detransformação econômica e social da região, que enfrenta o problema do crescimento urbano desordenado e também da seca de forma periódica.
Quase toda a área urbana possui esgotamento sanitário. O problema é que a manutenção dessa rede deixa a desejar. Isso se deve ao fato da população não ter desenvolvido ainda hábitos saudáveis em relação ao meio ambiente. A deposição de lixo em praças, terrenos baldios,ruas, promove o carreamento desse material, por meio das chuvas, para canais e galerias, provocando entupimento e transtornos a população local.
A partir da análise dos dados foi possível resgatar informações sobre concepções relativas ao lixo urbano na cidade de Petrolina-PE, bem como seu gerenciamento, o problema do lixo, a questão de como combater o acumulo e os males que isso causa a saúde,entre outros.

Foto 01 – Lixo jogado no canal do Bairro João de Deus, em Petrolina. Fonte: Maryvânia Barros, 2010.
A foto 01 deixa bem clara a deposição de lixo, sacos plásticos principalmente, em canal aberto em um dos principais bairros da cidade.
Observa-se que a população não contribui efetivamente com a coleta, não dando a devida atenção aos horários de disposição do lixo. É evidente que aspessoas não gostam de permanecer com resíduos em casa por um longo período, por isso que depositam o lixo nas vias em qualquer horário, no entanto, isso acarreta certos inconvenientes. O lixo depositado pela manhã, passará o dia todo à mostra, já que a coleta é feita somente à noite. Isso claramente compromete a estética do setor central, além da possibilidade de atrair vetores.
Grippi (2006, p.76) afirma que: “Não pode haver conservação nem preservação ambiental sem a educação, pois esta constrói no indivíduo e na coletividade uma consciência de mudança de comportamento e atitudes, que visam priorizar o meio ambiente”.
E afirma que: “[...] a educação ambiental deve começar nas escolas. As crianças no processo de aprendizagem e formação escolar podem muito cedo aprender a preservar e aentender a importância dos recursos naturais para nossa vida” (GRIPPI, 2006, p. 77).
Assim, “com a população conscientizada do seu dever de separar o lixo fica mais fácil executar um programa de coleta seletiva” (GRIPPI, 2006, p. 57). Para tal é indispensável o desenvolvimento de atividades nos diversos meios disponíveis, como nas escolas com tarefas ilustrativas de conscientização e trabalhosde integração na sociedade e comunidades deixando claro como devem separar o lixo e quais os dias de coleta. Enfim, na comunidade em geral tornar público os benefícios ao meio ambiente e à saúde pública que o projeto pode oferecer.
De acordo com o Art. 30 da Constituição Federal, cabe à administração municipal a responsabilidade pela gestão dos serviços de interesse local, como a coleta e destinofinal adequado de todo lixo gerado no município. A prefeitura é responsável pela coleta, destino final, controle e fiscalização do lixo domiciliar, comercial e público. O lixo especial – como, por exemplo, o gerado em hospitais e nas indústrias – e o entulho da construção civil, poderão ser de co-responsabilidade da prefeitura e da fonte geradora, dependendo da legislação local, sendo dacompetência da prefeitura o controle e a fiscalização desses serviços.
No centro da cidade é encontrado muito entulho e os mesmos recebem uma coleta diferenciada, ou seja, coleta especial e é necessária que haja essa diferenciação, pois o entulho ocupa um grande volume. Se fosse feita pelos veículos coletores de resíduos sólidos urbanos requereria mais viagens até o aterro e estação de transbordo, já...
tracking img