Tcc smart cooler

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3449 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 31 de março de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO 9
2 SMARTCOOLER 11
2.1 PROPOSIÇÃO 11
2.2 OBJETIVOS 12
2.3 BENCHMARK 13
2.3.1 Caixa para transporte de vacinas / medicamentos modelo RCW 2 13
2.3.2 Caixa para transporte de vacinas / medicamentos modelo RCW 12 13
2.3.3 Caixa para transporte de vacinas / medicamentos modelo RCW 25 14
2.3.4 Vantagens e desvantagens 15
2.4METODOLOGIA 15
2.4.1 Desenvolvimento teórico 15
2.4.1.1Efeito Peltier 15
2.4.1.2Desenvolvimento da programação no microcontrolador 17
2.4.2 Parte prática 20
2.5 RESULTADOS 20
2.6 ANÁLISE DE RESULTADOS 22
2.7 PROPOSTAS PARA TRABALHOS FUTUROS 22
2.8 CRONOGRAMA 23
3 CONCLUSÃO 24
REFERÊNCIAS 25
BIBLIOGRAFIA 26
APÊNDICES 27
ANEXOS 32

1INTRODUÇÃO

As vacinas são agentes imunobiológicos que contêm substâncias como proteínas, toxinas, partes de bactérias ou vírus, ou mesmo o próprio vírus e bactérias inteiras (atenuadas ou mortas); são substâncias termolábeis, ou seja, se deterioram depois de um determinado tempo quando expostos a variações de temperatura inadequadas a sua conservação, por isso a necessidade de acomodação dessassubstâncias em baixas temperaturas, para evitar a multiplicação dos microorganismos e suas atividades metabólicas.
No Brasil, a Fundação Nacional da Saúde (FUNASA), mantém um programa chamado de Programa Nacional de Imunizações (PNI), que é responsável pelo gerenciamento e implementação de programas de erradicação e imunização de doenças infectocontagiosas (por exemplo, Influenza A H1N1) eimunopreviníveis (por exemplo, Poliomielite e Tétano).
O desenvolvimento do Programa (PNI) é orientado por normas técnicas estabelecidas nacionalmente, no que se refere à conservação, manipulação, transporte e à aplicação dos imunobiológicos.
O Programa estabelece um processo conhecido como Rede de Frio ou Cadeia de Frio, que consiste no armazenamento, conservação, manipulação, distribuição e transportedos imunobiológicos, que devem ter as condições adequadas de refrigeração, desde o laboratório até o momento em que a vacina é administrada.
Portanto o objetivo da Rede de Frio é assegurar que todos os imunobiológicos administrados mantenham suas características iniciais e eficácia necessária para atender o seu fim.
A Rede de Frio estabelece que todos os imunobiológicos sejam refrigerados, háimunobiológicos negativos (temperatura de -20ºC) e imunobiológicos positivos (temperatura de +2º C). Para tanto a rede de frio estabelece equipamentos de refrigeração baseados em sistemas de refrigeração por compressão.
Atualmente tem se pesquisado e desenvolvido muito sistemas de refrigeração miniaturizados baseados no efeito Peltier, que é a produção de um gradiente de temperatura quando sesubmete um diferencial de tensão entre duas placas de material semicondutor.
Com base nesse efeito foi possível desenvolver as pastilhas termoelétricas que, como ditas anteriormente, são componentes miniaturizados que são leves, não poluentes, silenciosos e que não vibram, além do controle preciso de temperatura, o que caracteriza diversas vantagens sobre os tradicionais compressores.
Com aexistência dessas vantagens pode-se construir dispositivos eficientes capazes de efetuar o transporte “doméstico” e a conservação de imunobiológicos, em baixa escala, nos postos de saúde pública e hospitais.
Tratando-se do transporte “doméstico”, auxiliaria muito no transporte em longas distâncias, substituindo o uso das “bobinas de gelo”, pois as pastilhas termoelétricas são capazes de manter atemperatura constante pelo tempo que for necessário.
Futuramente espera-se que as pastilhas termoelétricas possam atender a ambientes de grandes dimensões, o que possibilitaria a refrigeração de câmaras frias.

2 SMART COOLER

2.1 PROPOSIÇÃO

A possibilidade de desenvolver uma tecnologia eficiente que, atualmente, ainda não está consolidada e totalmente desenvolvida fomentou os componentes do...
tracking img