Sociologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3263 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 31 de março de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Seja Amigo da Mudança
“Quebrando Paradigmas”

Seja Amigo da Mudança
“Quebrando Paradigmas”
Palestrante: Marco Aurélio F. Vianna

Introdução Pág. 01
Origem da Alienação Social Pág. 02
Pág. 03
Pág. 04
As três formas de AlienaçãoSocial Pág. 05
“Alienação Social”
Alienação Econômica Pág. 06
Alienação Intelectual Pág. 07
Desalienação Pág. 08
Conclusão Pág. 09
Bibliografia Pág. 10Introdução

A importância do conceito de alienação, objeto de grandes debates contemporaneamente, prende-se a que sua efetiva incorporação à ciência social implicaria toda uma reformulação de sua metodologia, como de seu alcance. A delimitação das fronteiras entre o conhecimento "puro" e a "escatologia", o problema do normal e do anormal, a efetiva caracterização da ciência humana como engajada, anatureza de seu objeto, etc., tomam sentido na medida em que um tratamento adequado seja dado a esta categoria.
Além do mais, a preocupação com a categoria de alienação se vincula a uma retomada da problemática marxista, da qual grandes virtualidades estiveram por longe tempo inexploradas, pela forte coloração partidária a que foram submetidos os debates a seu respeito.
Não pretendemos, como seevidenciará durante o trabalho, reduzir o marxismo às dimensões de uma ciência "neutra", mas acreditamos que isso nada tenha a haver com sua vinculação a quaisquer organizações politico-partidárias existentes, que podem pretender utiliza-lo, mas nunca seu monopólio e o monopólio de sua verdade. É dentro desta perspectiva - que poderá devolver ao marxismo toda sua potencialidade de pensamentocientífico e revolucionário - que julgamos importante, a' luz das modernas aquisições da sociologia. um reexame e uma explicitação de seus fundamentos e metodologia, que possa contribuir para a sistematização de uma ciência social efetivamente radical, no sentido de humana.
O objetivo deste trabalho, limitado, é testar, diante de um problema concreto, a possibilidade de utilização do conceito dealienação, a partir de perspectivas desenvolvidas por vários autores. Partimos do plano mais geral, a idéia de alienação em Marx. Procuramos aplica'-lo a uma realidade Política específica e, a partir dai.

Pág. 01
Origem da Alienação Social

A palavra alienação tem várias definições: cessão de bens, transferência de domínio de algo, perturbação mental, na qual se registra uma anulação dapersonalidade individual, arrombamento de espírito, loucura. A partir desses significados traçam algumas diretrizes para melhor analisar o que é a alienação, e assim buscar alguns motivos por quais as pessoas se alienam. Ainda assim, os processos alienantes da vida humana foram tratados de maneira atemporal, defraudada, abstraído de processos sócio-econômicos concreto.
A alienação trata-se do mistério deser ou não ser, pois uma pessoa alienada carece de si mesmo, se tornando sua própria negação.
Alienação se refere á diminuição da capacidade dos indivíduos em pensar em agir por si próprio.
A sobrevivência do homem implica uma transformação da natureza e do outro à sua imagem e semelhança, o que impõe uma transformação de si mesmo à imagem e semelhança do mundo e do outro. Viver parao homem é objetivar-se, ser fora de si.A Alienação teve sua origem através de Marx, filósofo, advogado e historiador, e interessou-se por um estudo feito por um outro filósofo, Feuerbach. Este investigara o modo como se formam as religiões, isto é, o modo como os seres humanos sentem necessidade de oferecer uma explicação para a origem e a finalidade do mundo.Ao buscar essa explicação, os...
tracking img