Tcc delicatessen

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 43 (10720 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UM ESTUDO DE MERCADO SOBRE A INFLUÊNCIA DAS CINCO FORÇAS COMPETITIVAS NO MERCADO DE DELICATESSENS NA CIDADE DE RECIFE

Felipe Barreto¹
Leila Torres


Orientador: Prof. André Neves


RESUMO



Palavras chave: competitividade, modelo das cincoforças, língua inglesa, curso.

¹ Alunos do 07º semestre de Administração de Empresas.
² Orientador: Prof. André Neves

ABSTRACT

This article aims to understand the factors influencing the competitiveness of the service sector - English language course in person - in Salvador. The analysis is developed through an understanding of the market in courses of English, observing the dynamics ofthe business, which will identify the factors that influence competitiveness in Salvadoran jail. Through the theoretical approach proposed by the Five Competitive Forces Model Michael E. Porter is possible to analyze the impact that each force interferes in business, especially those which have greater influence on competitiveness and how the company more competitive

Key Word: competitivenessforces model, English language course

1. INTRODUÇÃO

Sabe que, em tempos modernos, um predicado fundamental e distintivo da cultura pós-industrial na sociedade é a ênfase dada à prestação de serviços com valor agregado, que está presente de forma cada vez mais significativa na vida econômica, política, social e no entretenimento das pessoas.
O setor de prestação de serviços lidera a ondade expansão econômica e torna-se peça fundamental na engrenagem do crescimento global.
O trabalho de conclusão de curso analisa o estudo de mercado e a viabilidade da implantação de uma delicatessen na cidade de Recife.
A delicatessen é um espaço requintado e que comercializa produtos que estão associados mais ao prazer do que às necessidades humanas, pois vendem alimentos e bebidas de altaqualidade, de paladar exótico e sofisticado.
A delicatessen, de fato, é uma padaria mais sofisticada, que vende produtos finos e mais caros.
Como referência para formação da fundamentação teórica, foram utilizados os três modelos de análise de competitividade.
São eles: os modelos do “diamante” (Porter, 1989) e das cinco forças de Porter (1986) e o estudo de competitividade da indústria brasileira(ECIB) de Coutinho e Ferraz (2002).
A partir das pesquisas feitas nas empresas do ramo, cheguei à conclusão de que o modelo mais adequado para estudo seria o modelo das 5 forças, proposto por Michael Porter (1986).
Para coleta de dados, foram aplicados questionários pessoalmente nas delicatessens citadas, respondidos pelos proprietários ou gerentes e funcionários dos estabelecimentos, ondeabordamos temas referentes à estrutura do setor. Foram feitas pesquisas em sites renomados e livros de autores diversos.

Sendo um ramo de grande atividade e bastante tradição na Europa e nos Estados Unidos, o segmento de delicatessen prolifera no Brasil. Ganhou mais força na última década com a liberação das importações de produtos, impulsionada, entre outros fatores, pela redução de alíquotas.Mas, ao mesmo tempo em que beneficiou a expansão do número de delicatessens, a redução das alíquotas também fortaleceu a concorrência entre elas. Por isso, o que dá força a esse tipo de atividade é a aliança harmônica entre atendimento e estoque.
Esse novo segmento poderá se tornar uma tendência, pois essa nova estrutura tornará possível ambiente atender tanto a pessoas mais recatadas ou famíliasinteiras como também atender a demanda dos mais jovens, tornando assim um múltiplo, com atendimento em período maior de horas, o que poderá elevar significativamente o ganho financeiro com o novo negócio.
A diferenciação é a palavra chave para um mercado voltado para o comércio de bens de especialidades. E é neste contexto que as delicatessens estão inseridas. Entretanto para verificar a real...
tracking img