Tabu do corpo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1883 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Sumario

1. Indrodução______________________________________________2
2. O corpo: fonte de símbolos_________________________________3
3. A gramática do sexo_______________________________________3
4. Higiene: Mito e rito________________________________________4
5. Considerações sobre o corpo na contemporaneidade___________4
6. O corpo no mundomoderno________________________________5
7. O mito da saúde perfeita e a apologia ao bem estar_____________5
8. O culto ao corpo e/ ou autocuidadodo________________________5
9. O corpo e suas formas_____________________________________6
10. O corpo e o ato de emagrecer_______________________________6
11. Considerações Finais______________________________________6
12. Referenciabibliocraficas___________________________________8

1. Introdução
Partindo da análise de vários textos o corpo humano tem varias funções que para o senso comum, passa ser esquecido. A importância de alguns acontecimentos do corpo passa a ser ou não importante para muitas sociedades. Podendo ser algo positivo ou negativo para os seres envolvidos. O corpo passa por vários processos que deveriam ser coisas normais,desde criança até a fase adulta, porém os hábitos de uma cultura configuram princípios normativos que muitas vezes definem a condição de humanidade. Os órgãos são visto de forma negativa e as suas funções também. O sexo por muitas vezes descriminado por algumas culturas e por outras super valorizadas. Até mesmo a puberdade que é um processo normal na vida de muitos adolescentes, é difícil devidoo pudor da sociedade que impõem para eles.
O ser é disciplinado a obedecer aos hábitos da sua cultura, sem ao menos ter o direito de escolha.
No século XVIII o corpo é descoberto como se uma fonte inesgotável de poder, enquanto máquina, sistema e disciplina. É simultaneamente dócil e frágil, algo possível de manipular e facilmente adestrável, enfim, suscetível de dominação. A disciplina dosséculos XVII e XVIII é diferente de todo o tipo de massificação anteriormente aplicado, foge largamente dos princípios de escravização e de domesticidade das épocas clássicas, é uma utilização do corpo para determinados fins. Ela fabrica corpos dóceis, submissos, altamente especializados e capazes desempenha inúmeras funções que ajudariam a sociedade da quela epoca.
Nos dias atuais aforma que o corpo é visto mudou totalmente, devido ao cuidado com a estética que na antiguidade não era assim, para algumas culturas as mulheres deveriam se engordadas até o casamento, pois para eles a mulher gorda era atraente. Já no século XXI, o corpo sarado, as dietas, a alimentação saudável é algo importante. O ideal de corpo é magro, sarado e para manterem este padrão, utilizam medicamentos,mantém dietas equilibradas e exercícios físicos em busca de um corpo perfeito.

2. O corpo: fonte de símbolos
O corpo humano interage com os objetos, e busca compreender através de novas experiências. A forma de prepara alimentos, cozinhando os hábitos de alimentação de cada cultura. A alimentação dos recém nascidos, ao contado com o peito da mãe par sugar e se alimentar, em certo momento aalimentação muda devido à necessidade de ingeri coisas solidas. A boca é um símbolo de grande importância, um instrumento de comunicação com um mudo e para interagir com os alimentos.
A regra de alimentação varia em culturas, sofrendo um processo biológico numa trama social.
3. A gramática do sexo
A reação erótica, esta presente desde o nascimento, onde é desenvolvido gradativamente, aocrescerem podem até se masturbação.
O sexo é muito antigo e em algumas culturas o sexo só poderia ser feito a noite e em silencio, existiam dias para se manter relações e só poderia ser feito para fazer filhos. Em outras o sexo feito em vários lugares como plantações eram existentes. Segundo Jose Carlos em o tabu do corpo: “Todos esses hábitos, que cada cultura elege a seu gosto particular,...
tracking img