Tabalho pratica juridica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (760 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA ... VARA DO TRABALHO
DE ...





Ana Maria, nacionalidade..., estado civil..., profissão..., nome da mãe..., data de nascimento..., número do RG...,número do PIS..., número do CPF..., número... e série... da CTPS, residente e domiciliada a ... (endereço completo com CEP), por seu advogado que esta subscreve, vem, à presença de Vossa Excelência, comfulcro nos artigos 840 da CLT e 282 do CPC, propor a presente

RECLAMAÇÃO TRABALHISTA

pelo rito __________, em face de Alfa, número do CNPJ..., com sede ... (endereço completo com CEP),representada pela Senhora Agripina pelos motivos de fato e de direito a seguir expostos:

DA COMISSÃO DE CONCILIAÇÃO PRÉVIA

Cumpre ressaltar inicialmente que na empresa em que a reclamante prestavaserviços, bem como em seu sindicato de classe, não foi instituída a Comissão de Conciliação Prévia, motivo pelo qual acessa a autora diretamente a via judiciária, nos termos do art. 625-B, § 3o, daCLT.

DO CONTRATO DE TRABALHO

A reclamante iniciou suas atividades laborativas na reclamada em 1º de julho de 2008, exercendo as funções de assistente administrativo, trabalhando sempre das__ às __ horas, de 1º de julho a agosto de 2009. Percebe atualmente a remuneração de R$ 1.800,00 por mês.

DA RESCISÃO INDIRETA

A peticionária vem sofrendo, por longo período de tempo,agressões verbais que têm ultrapassado qualquer limite de tolerância.
Isso por que a proprietária da reclamada vem proferindo, por reiteradas vezes, xingamentos com o claro intuito de humilhar aobreira.
Em diversas oportunidades, a Senhora Agripina, que, como dito, é proprietária da reclamada, adverte a autora de maneira desproporcional, chamando-a de burra, incapaz e incompetente.Ressalta-se que tais ofensas são feitas em alta voz e na presença de outros empregados e inclusive de clientes da empresa.
O art. 483, “b”, da CLT autoriza a rescisão indireta do contrato...
tracking img