Subjetividade e internet

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1576 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
SUBJETIVIDADE E INTERNET: AS NOVAS MÁQUINAS DA EDUCAÇÃO.

Resumo Este artigo pretende refletir a cerca da subjetividade sobre o reflexo das inovações tecnológicas na educação. A apropriação das inovações tecnológicas no campo educacional obedece a jogos de poder e leis demercado próprias de cada sociedade. O sistema educacional tenta apropriar-se das produções tecnológicas de forma ética, política-ideológica, pedagógica e, também, adaptando-se às leis de mercado. O processo político de mudanças, evidenciado nos discursos e nas relações contratuais, entretanto, influi no estatuto de ser professor. A subjetividade docente muda não como consequência direta dainovação tecnológica, mas a partir do contexto das relações de trabalho e mudanças de papéis associados ás formas de mediação tecnológicas, focalizando as relações estabelecidas entre subjetividade, conhecimento e internet na educação.
Palavras-chave: Subjetividade; internet; conhecimento.

AbstractThis article aims to reflect about the subjectivity on the impact of technological innovations in education. The appropriation of technological innovations in the educational field obeys power plays and market laws of each society. The educational system tries to appropriate the production technology in an ethical, political and ideological, pedagogical, and also adapting to the marketlaws. The political process of change, evidenced in speeches and in contractual relationships, however, influences the status of being a teacher. Subjectivity teacher changes not as a direct result of technological innovation, but from the context of labor relations and role changes associated ace forms of technological mediation, focusing on the relationship between subjectivity, knowledge andinternet in education.
Keywords: Subjectivity internet; knowledge.

INTRODUÇÃO

O interesse deste artigo não é propriamente o estudo sobre a difusão das novas tecnologias no mundo do trabalho, assunto muito apreciado nas produções científicas atuais. Pretende-se, aqui, a partir das reflexões realizadas interrogar uma realidade,cujo acesso às tecnologias de informação e comunicação tem se ampliado rapidamente, ainda que de forma diferenciada, é propor novos olhares que possibilitem enxergar as alterações nos hábitos e padrões de produção e consumo. É importante deixar claro que ainda para muitos professores é um período de introdução de inovações tecnológicas no campo a educação e sua forma de inserção nessastransformações para muitos está em fase de adaptação, portanto, se concentra na busca de elementos que permitam orientar a compreensão das relações existentes de processos que ocorre no campo educacional. Esses elementos se situam no limiar da discursão sobre as inovações tecnológicas educacionais.
Não é possível conceber as inovações tecnológicas como mais uma forma de tecnológicas como mais uma forma deinventar um novo aparelho e saber lidar com ele. A introdução das atuais inovações tecnológicas no campo educacional obedece a jogos de poderes e leis de mercados, própria em que estão inseridos. Sendo assim, o sistema educacional e a escola apropriam-se das produções tecnológicas a partir de um ponto ético, pedagógico e didático determinado. Não parece haver dúvidas de que nossos comportamentos ehábitos podem sofrer alterações em função do desenvolvimento de novas tecnologias. O difícil é perceber que algumas tecnologias têm impactos bem mais profundos sobre os seres humanos que a ela são expostos, chegando mesmo, embora em raros casos, a gerar transformações internas e radicais. Em outras palavras, embora seja difícil detectar que novas tecnologias tem o poder de alterar nossos hábitos...
tracking img