Steve johson

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3533 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
sRBTI 2006:18:3:292-297

ARTIGO DE REVISÃO

Síndrome de Stevens-Johnson e Necrólise Epidérmica Tóxica em Medicina Intensiva*
Stevens-Johnson Syndrome and Toxical Epidermal Necrolysis in Intensive Care Medicine
Ana Carolina Pedigoni Bulisani1; Giselle Domingues Sanches1; Helio Penna Guimarães2,3,4; Renato Delascio Lopes2; Letícia Sandre Vendrame2,4,5; Antonio Carlos Lopes 4,6

RESUMOJUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A Síndrome de Stevens Johnson (SSJ) e Necrólise Epidérmica Tóxica (NET) são reações cutâneas graves, com potencial para morbidade e mortalidade elevadas acometendo a pele e a membrana mucosa necessitando de cuidados de medicina intensiva. O objetivo deste artigo foi apresentar revisão da literatura sobre SSJ e NET. CONTEÚDO: Este artigo revisa os conceitos básicos,diagnóstico, quadro clínico e o princípio de tratamento em Unidade de Terapia Intensiva da SSJ e NET. CONCLUSÕES: Estas doenças caracterizam emergências dermatológicas e seu adequado manuseio e cuidado deve fazer parte do conhecimento rotineiro do médico intensivista

Unitermos: Medicina Intensiva; Necrólise Epidérmica Tóxica, Stevens Johnson SUMMARY BACKGROUND AND OBJECTIVES: The Stevens Johnson Syndrome(SJS) and Toxical Epidermal Necrolisys (TEN) are important skin and mucosal lesions that need intensive care treatment. The aim of this article is to show a literature review about SJS and TEN. CONTENTS: This article reviews the concepts, diagnostic topics, clinical presentation and the principle of basic treatment in Intensive Care Unit for SJS and TEN. CONCLUSIONS: These illnesses arecharacterized as dermatological emergencies and its adequate management and cares must be part of the routine knowledge of the intensive care doctors. Key Words: Intensive Care Medicine; Stevens Johnson Syndrome, Toxical Epidermal Necrolisys, INTRODUÇÃO Em 1922, Stevens e Johnson descreveram dois pacientes com erupções cutâneas generalizadas, febre contínua, mucosa oral inflamada e conjuntivite purulentagrave1,2, quadro denominado de eritema multiforme (EM); em 1950, esse quadro foi dividido em duas categorias: eritema multiforme minor (Von Hebra) e eritema multiforme major (EMM), também conhecido como síndrome de Stevens Johnson (SSJ). Desde 1983, o epônimo de Stevens Johnson passou a ser usado como sinônimo de EMM. Em 1993, Bastuji e Roujeau propuseram que EMM e SSJ eram doenças distintas esugeriram que a denominação de eritema multiforme deveria ser restrita para pacientes com lesões em alvo ou pápulas edematosas, com ou sem lesões mucosas; a denominação de SSJ deveria ser usada como síndrome caracterizada

1. Médica Especializanda da Disciplina de Clínica Médica da UNIFESP/EPM. 2. Médico Diarista da UTI da Disciplina de Clínica Médica da UNIFESP/EPM e Coordenador do Núcleo de Estudosem Emergências Clínicas NEEC - Disciplina de Clínica Médica- UNIFESP/EPM. 3. Médico da Divisão de Pesquisa do instituto Dante Pazzanese de Cardiologia 4. Título de Especialista em Medicina Intensiva pela AMIB-AMB. 5. Médica Coordenadora da UTI da Disciplina de Clínica Médica da UNIFESP/EPM 6. Professor Titular da Disciplina de Clínica Médica da UNIFESP/EPM. Apresentado em 23 de maio de 2006Aceito para publicação em 04 de julho de 2006 *Recebido da Unidade de Terapia Intensiva da Disciplina de Clínica Médica-Universidade Federal de São Paulo-UNIFESP-EPM Endereço para correspondência: Dra. Ana Carolina Pedigoni Bulisani Av. Napoleão de Barros,715, 3 andar Hospital São Paulo-UNIFESP-EPM Fone (11) 55764302 E-mail: bulicaro@yahoo.com.br ©Associação de Medicina Intensiva Brasileira, 2006292

Revista Brasileira de Terapia Intensiva Vol. 18 Nº 3, Julho – Setembro, 2006

SíNDROME DE STEVENS-JOHNSON E NECRólISE EPIDéRMICA TóxICA EM MEDICINA INTENSIVA

por erosões mucosas, bolhas pequenas e lesões eritematosas ou purpúricas que são diferentes dos alvos clássicos3. De acordo com esta classificação clínica, SSJ e EMM, passaram a ser consideradas doenças distintas, com lesões...
tracking img