Sol da meia noite

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 299 (74515 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Manus Capítulo 03: Fenômeno
Sinceramente, eu não estava com sede, mas eu deci di ir caçar de novo naquela noite.
Uma pequena medida de prevenção, tão inadequada quanto eu sabia que era.
Carlisle veio até mim; nós não tínhamos estado sozinhos juntos desde que eu voltei
de Denali. Enquanto nós corríamos pela floresta escura, eu o ouvi pensando naquele adeusapressado de semana passada.
Na memória dele, eu vi o modo como meu aspecto tinha sido distorcido num
intenso desespero. Eu senti a sua surpresa e súbita preocupação.
“Edward?”
“Eu tenho que ir, Carlisle. Eu tenho que ir.”
“O que a conteceu?”
“Nada. Ainda. Mas vai acontecer, se eu ficar.”
Ele alcançou para tocar meu braço. Eu senti como o magoei quando me encolhi do
seu braço.
“Eu nãoentendo.”
“Você alguma vez...teve alguma vez em que...”
Eu me vi respirando fundo, vi a luz selvage m nos meus olhos através do filtro das
suas profundas preocupações.
“Já teve alguma pessoa que cheirou melhor para você do que o resto deles? Muito
melhor?”
“Oh.”
Quando eu soube que ele havia entendido, meu rosto caiu em vergonha. Ele tinha
alcançado para me tocar, ignorando quando eu recuei denovo, e pousou a sua mão no me
ombro.
“Faça o que você tiver que fazer para resistir, filho. Eu vou sentir sua falta. Aqui,
leve meu carro. É mais fácil.”
Ele estava pensando agora se havia feito a coisa certa, me mandando embora.
Pensando se ele não tinha me magoado com a sua falta de confiança.
“Não.” eu murmurei enquanto corria. “Isso é o que eu precisava. Eu poderia muito
facilmente trairessa confiança, se você me dissesse para ficar.”
“Eu sinto muito que você esteja sofrendo, Edward. Mas você deve fazer o que puder
para manter a jovem Swan viva. Mesmo que isso signifique que você deva nos deixar
novamente.”
“Eu sei, eu sei.”
“Por que você voltou? Você sabe o quão feliz eu sou de ter você aqui, mas se isso é
tão difícil...”
“Eu não gostei de me sentir com um covarde”, euadmiti.
Nós tínhamos diminuído a velocidade – estávamos agora praticamente fazendo um
cooper pela escuridão.
“Melhor do que colocar ela em perigo. Ela vai ter ido embora em um ano ou dois.”
“Você está certo, eu sei disso.” Contrariamente, porém, as palavras dele só me
deixaram mais ansioso para ficar. A garota iria embora em um ano ou dois...
Carlisle tinha parado de correr e eu parei comele; ele se virou para examinar a
minha expressão.
Mas você não vai fugir, vai?
Eu deixei minha cabeça pender.

É orgulho, Edward? Não precisa ter vergonha em “Não, não é o orgulho que me mantém aqui. Não agora.”
Nenhum lugar para ir?
Eu ri brevemente. “Não. Isso não me pararia, se eu pudesse me fazer ir embora.”
“Nós iremos com você, é claro, se é isso que você precisa. Você só precisapedir.
Você se mudou sem reclamar pelo resto deles. Eles não vão lhe negar isso.”
Eu levantei uma sobrancelha.
Ele riu. “Sim, Rosalie talvez, mas ela lhe deve uma. De qualquer modo, é bem
melhor para nós partirmos agora, sem nenhum dano, do que partirmos depois, quando uma
vida tiver sido terminada.” Todo o humor se esvaindo no final.
Eu me esquivei das suas palavras.
“Sim.” Eu concordei. Minhavoz soou rouca.
Mas você não vai partir ?
Eu suspirei. “Eu deveria.”
“O que o segura aqui, Edward? Eu não consigo ver...”
“Eu não sei se eu consigo explicar.” Até mesmo para mim, não fazia sentido.
Ele mediu a minha expressão por um bom tempo.
Não, eu não vejo. Mas eu vou respeitar a sua privac idade, se você preferir.
“Obrigado. É generoso da sua parte, vendo como eu não dou privacidadepara
ninguém.” Com uma exceção. E eu estava fazendo tudo que eu podia para privar ela disso,
não estava?
Nós todos temos nossos caprichos. Ele riu novamente. Vamos?
Ele tinha recém pego o rastro de uma pequena manada de veados. Era difícil reunir
muito entusiasmo pelo que era, mesmo nas melhores das circunstâncias, um aroma que
dava menos do que água na boca. Nesse momento, com a memória do...
tracking img