Sociologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (297 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Escola: Necy Amazonas
Aluno: José Rodolfo
Serie: 1º Ano
Profº: Jesanias Lima
Contrato Social de Rousseau
Rousseau foi um importante intelectual do século XVIIIpara se pensar na constituição de um Estado como organizador da sociedade civil assim como se conhece hoje. Para ele o homem nasceria bom, mas a população o modificaria. Demesma formo ele diz que o homem seria livre, mas o que se viu foi homens acorrentados. A questão era: como ter a liberdade do homem e ao mesmo tempo ter segurança na sociedade.Rousseau disse que isto seria possível através do contrato social. Ele acreditava que seria preciso declarar a justiça e a paz para submeter igualmente o rico e o pobre,buscando a paz eterna entre as pessoas que viviam em sociedade. Daí a importância do contrato social, pois os homens, depois de terem sua liberdade natural, necessitariam ganhar emtroca a liberdade de civilização, sendo tal contrato um acordo para isso. O povo seria ao mesmo tempo parte ativa e passiva deste contrato, isto é, agente do processo deelaboração das leis e de cumprimento destas, compreendendo que obedecer a lei que se escreve para si mesmo seria um ato de liberdade. Logo, o comando do povo seria condição parasua libertação. Assim, o comando seria o povo e não o rei, fato que colocaria Rousseau numa posição contrária ao poder. O pensador avaliava que da mesma forma como um indivíduopoderia tentar fazer prevalecer sua vontade sobre a vontade coletiva, assim também o Estado poderia subjugar a vontade geral. Dessa forma, se o Estado tinha sua importância,ele não seria o comando por si só, mas suas ações deveriam ser dadas em nome da soberania do povo, fato que sugere uma valorização da democracia no pensamento de Rousseau.
tracking img