Sociologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (324 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Resenha: “O Conde de Monte Cristo”


A história do filme trata de inveja, vingança, traição, superação e amor. O jovem e inocente Edmond Dantes (James Caviezel), é acusadoinjustamente de traição à França por ter ajudado Napoleão Bonaparte (Alex Norton), sendo preso durante treze anos em um forte nominado Chateau d'If. Após estes anos preso, Dantes consegue fugircom a ajuda de outro detento, Abbé (Richard Harris).
Depois de encontrar um tesouro e constituir um império, e assumir a identidade de Conde de Monte Cristo, Edmond se infiltra naaristocracia francesa, no intuito de vingar-se de todos aqueles que lhe apunhalaram pelas costas principalmente, Fernand Mondego (Guy Pearce) se “amigo”, e Mercedes (Dagmara Dominczy) sua ex.namorada.
Todo o sofrimento vivido por Edmond nos deixa com muita pena dele, que não teve intenção de trair a França. Na verdade ele foi vítima de um acaso e de um azar impetuoso, quejunto a traição de Fernand que dizia ser seu “amigo” fez que passasse a esse castigo cruel.
Mas nada esta perdido, logo aparece Abbé, um verdadeiro anjo, que surge para salvar Dantes. Ovelho o ensina matemática, a ler, a lutar. Torna o bruto, ingênuo e simples Edmond, que faz jus ao título de Conde. A transformação pela qual Dantes passa é linda. É realmente aquela luzno fim do túnel. A sensação de uma coisa boa em meio a tanta ruindade é magnífica.
Após ter dado a volta por cima e ter recuperado sua glória, Ele parte para recuperar a sua honra,porem, ele fica frio, rígido e cético. Sua única crença é a vingança que cada dia aumenta e assim sua alma vai se corrompendo.
O final do filme por causa de suas crenças ele se nega amentir, roubar, matar, porém acontecem algumas coisas que não deixam mais o herói ter paciência, fazendo com que ele jogue toda sua ira em cima do vilão, realizando, enfim, sua vingança.
tracking img