Codigo deontologico dos psicologos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 17 (4157 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Moral Ética e Deontologia

2013
Código Deontológico dos Psicólogos

Moral Ética e Deontologia

2013
Código Deontológico dos Psicólogos

* Ana Fernandes; nº2
* Joana Moura; nº15
* Sofiya Volokh; nº25
* Ana Fernandes; nº2
* Joana Moura; nº15
* Sofiya Volokh; nº25

Índice
Índice

* Página 2 Introdução
* Página 3 História do Código
* Página 4O Compromisso da Ética com a Psicologia
* Página 5 Ética Profissional
* Página 6 Deontologia
* Página 7-8 O Psicólogo
* Página 9-15 O Código
* Página 16-18 O Código e a Relação com a DUDH
* Página 19-21 Caso Real
* Página 22 Conclusão
* Página 23 Bibliografia

Introdução
Introdução

O mundo vive em constantes mudanças. A cada diatornar-se mais difícil acompanhá-las, sobretudo devido á rapidez com que acontecem e á impossibilidade de ter uma ideia da totalidade de significados que essas mudanças representam.
Abre-se, portanto, um desafio à psicologia como ciência que estuda e interpreta o comportamento humano, sujeito, ele próprio, à complexidade de contínuas e profundas transformações.
Dentro dessa dimensão propor um códigode ética é colocar-se, de um lado, numa reflexão constante do ser humano como sujeito de mudanças e, de outro lado, cristalizar com normas propostas de comportamento, acções que por sua natureza são dinâmicas.
Assim, um código de ética deve expressar, de um lado, a dinâmica própria da liberdade, do risco e da criação e, de outro lado mostrar um conjunto de acções ou comportamentos que sejarepresentativo da realidade e da relatividade do dia-a-dia, com os quais o homem se põe diariamente em contacto.
O código dos psicólogos nasce de uma dupla fonte: da realidade e do desejo. Da realidade enquanto contundido no que existe, na prática das pessoas, no agir permanente dos que fazem psicologia. Do desejo, enquanto a psicologia é uma preocupação com o amanhã do individuo, grupos e sociedade, naprocura do bem-estar e da saúde, como respostas do organismo às exigências da vida como um todo.
O código é a expressão da identidade profissional daqueles que nele vão buscar inspirações, conselhos e normas de conduta.

História do Código
História do Código

O primeiro código de ética entrou em vigor em 1967, entretanto só foi aprovado em 1987. Este mesmo código passou por reformulações eo definitivo passou a vigorar no dia 27 de agosto de 2005.
Abaixo são apresentadas duas citações que esclarecem o que é o código e qual a sua importância e utilidade para o profissionalismo:
* “ Um código é a expressão da identidade profissional daqueles que nele vão buscar inspiração, conselhos, normas de conduta.” (CONSELHO FEDERAL DE PSICOLOGIA, 1987, P.5);

* “Um sistema deregras, externo ao sujeito, cuja finalidade é regular as acções dos profissionais da categoria, apontar suas responsabilidades e deveres, bem como demarcar seus direitos.” (MEDEIROS, 2002, P.32).

O Compromisso Da Ética Com a Psicologia

O Compromisso Da Ética Com a Psicologia

Nos dias que correm a formação dos psicólogos baseia-se em teorias psicológicas já que estas fundamentam a prática eorientam as suas acções.
A partir destas escolhas os psicólogos definem os seus compromissos – ético e sociais.
De acordo com o psicólogo Marcos Pinto, numa entrevista concedida a estudantes em 1994; “ O respeito ao cliente, o respeito consigo próprio, a atenção e o respeito aos próprios limites. Saber olhar o outro e respeitar a sua direcção, sendo apenas um facilitador do processo do outro.”;Estes são os pontos fulcrais de um psicólogo.

Ética Profissional

Ética Profissional

O código surge de uma necessidade de ética profissional, mas o que é que este termo significa realmente….
“A ética profissional é a aplicação da ética no campo das actividades profissionais; a pessoa tem que estar imbuída de certos princípios ou valores próprios do ser humano para vivê-los nas suas...
tracking img