Sociologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2551 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Curso: Serviço Social
Disciplina: Sociologia
Professora:




Novembro 2012
Brasília
Sociologia e os Direitos Humanos
Introdução
O presente trabalho vaidiscorrer a respeito da Declaração Universal dos Direitos Humanos que é um documento base das Nações Unidas e foi firmado em 1948. Nesta declaração, são expostos os direitos que todos os humanos possuem. Também vai tratar da Declaração dos direitos da Virgínia que manifestam com clareza os fundamentos do regime democrático e o reconhecimento do direito de toda a pessoa humana.Desenvolvimento
A primeira declaração dos direitos humanos da época moderna é a Declaração dos Direitos da Virgínia de doze de junho de 1776, escrita por (George Mason) e proclamada pela Convenção da Virgínia.
Esta grande medida influenciou Thomas Jefferson na declaração dos direitos humanos da Independência dos Estados Unidos da América de quatrode julho de 1776, que também influenciou a assembleia nacional francesa em sua declaração, a declaração dos direitos do homem e do cidadão de 1789 definia o direito individual e coletivo, e a adoção da Declaração Universal dos Direitos Humanos em 1948 na Assembleia Geral das Nações Unidas.
As duas declarações defendem basicamente os mesmos interesses sendo que a declaração universal vem commais clareza a respeito dos direitos humanos por ter sido criada no período pós-guerra e já obter um embasamento adquirido através da declaração do bom povo da Virgínia. As características desta declaração deve a existência á Revolução Americana que visava restaurar os antigos direitos de cidadania tendo em vista os abusos do poder monárquico, e buscava o reconhecimento da igualdade entre osindivíduos pela sua própria natureza e do direito à propriedade assim como a declaração universal.
A obra de Émilie Durkheim da ênfase a solidariedade social que nada mais é que a consciência coletiva que seria responsável pelos valores morais.
A consciência individual sofreria a influência de uma consciência coletiva a qual seria fruto da combinação das consciências individuais de todosos homens ao mesmo tempo. A consciência coletiva seria responsável pela formação de nossos valores morais, de nossos sentimentos comuns, daquilo que temos como certo ou errado, honroso ou desonroso e, dessa forma, ela exerceria uma pressão externa aos homens no momento de suas escolhas, em maior ou menor grau. Ou seja, para Durkheim a consciência coletiva diria respeito aos valores daquele grupoem que se estaria inserida enquanto indivíduo, e seria transmitida pela vida social, de geração em geração por meio da educação, sendo decisiva para nossa vida social. A soma da consciência individual com a consciência coletiva formaria o ser social, o qual teria uma vida social entre os membros do grupo. (Fonte: site Brasil Escola Artigo de PAULO SILVINO).
Ha semelhanças entre o queescreveu o autor e o artigo dezoito da declaração universal dos direitos humanos que diz. “Todo ser humano tem direito à liberdade de pensamento, consciência e religião, este direito inclui a liberdade de mudar de religião ou crença e a liberdade de manifestar, Essa religião ou crença, pelo ensino, pela prática, pelo culto e pela observância, isolada ou coletivamente, em público ou em particular”.(Fonte: Artigo dezoito da Declaração Universal dos direitos Humanos).
Em razão da Revolução Francesa os franceses se viam em uma missão universal de libertação dos povos consagração dos princípios iluministas, igualdade, liberdade e propriedade.
A noção de direitos humanos não experimentou grandes mudanças até o século seguinte com o início das lutas operárias surgiram novos direitos que...
tracking img