Sociologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1791 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de janeiro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
O que é a Sociologia?
Sociologia

Índice: pág.
Uns 150 anos de idade 4
Outros Precursores 4
Até ao suicídio5
O homem não é uma formiga 5
Acordo ou conflito? 6
Os Engenheiros da máquina social 6
Que analise, queremédios? 7
As fontes de ruptura 7
Pôr em dia… 8
….Ou julgar8
Um perigo para a sociedade? 9
Conclusão 10

Introdução
Os estatísticos estão em dificuldades: Enviaram um questionário a 2000 pessoas perguntando o número de filhos por família e a quantidade e tipo de animais quevivem na vizinhança. E o que revela o computador? Que quanto maior é o numero de cegonhas, maior é o numero de crianças. Este resultado faz sorrir: não são precisamente essas aves de longo pescoço e largas asas que como se ensina às crianças, se encarregam de trazer ao mundo os recém-nascidos? Como explicar um resultado tão inesperado? Tem a palavra o sociólogo: é ele que vai demonstrar que arelação entre esses factos não é fortuita, que as cegonhas são mais numerosas no campo e que as famílias rurais têm maior número de filhos.

Uns 150 anos de idade
Compete ao sociólogo estudar estas três realidades nas suas múltiplas interdependências: em que é o homem produto da sociedade, em que é a sociedade produto do homem e, em que pode a sociedade obedecer a leis próprias, exteriores aos homensque as compõem. Certamente, os filósofos da antiguidade clássica, da idade Média e dos tempos modernos esforçaram-se também por responder as perguntas semelhantes. No entanto, embora sempre tenha havido pessoas atentas á vida social, aos vínculos que unem os homens de uma certa comunidade, à psicologia colectiva, ninguém se dedicou a observações possíveis de serem consideradas científicas.
Foinecessário esperar os começos do século XIX para que Claude Henry de Saint-Simon (1760-1825) criasse a “física social”, baseada no estudo dos factos políticos e sociais. Auguste Comte (1798-1857) continuou em parte essa ideia. No seu curso de Filosofia positiva ( 1830-1842 ), este filosofo, pai do positivismo, estabeleceu leis que se apoiavam na analise das instituições politicas económicas efamiliares. Tinha nascido a nova ciência: Comte deu-lhe o nome de Sociologia.



Outros precursores:
Desenvolver esta nova ciência foi tarefa de outros pensadores. Herbert Spencer (1820-1903), sobretudo, interessou-se pelo advento do mundo industrial. Nos seus Princípios de sociologia (1876-1896), este filósofo inglês expõe já as noções de estratificação e de divisão de trabalho.Paralelamente, Karl Marx (1818-1883) levou a cabo investigações ao mesmo tempo históricas, políticas e económicas. Ao interessar-se por todas as disciplinas sociais, concebeu uma nova visão do universo em plena mutação. Segundo o autor de O Capital (obra cujo primeiro volume apareceu em 1867), é a maneira de viver em sociedade que determina pensamentos e sentimentos.
Também Alexis de Tocqueville...
tracking img