E-folio a

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1310 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de janeiro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
O episódio, a seguir apresentado, reflecte uma aula da disciplina de Práticas Laboratoriais de Electricidade e Electrónica, curso Tecnológico de Electrotecnia e Electrónica do 11º ano de escolaridade.
Os alunos encontram-se em laboratório a executar um trabalho prático, organizados em grupos de três elementos. O trabalho proposto pedia para os alunos encontrarem uma das soluções possíveis para ocontrolo automático dos semáforos de um cruzamento com sensores. Anteriormente, ao relato que vai ser feito, os alunos já tinham iniciado o trabalho proposto efectuando o projecto do circuito, seleccionado o material necessário e montado o mesmo.
(P refere-se ao professor; as outras letras aos alunos)
1 P: o circuito está pronto para ser testado?
2 A: Está sim, professor…
3 P: Liguem no entãoe, por favor, iniciem a simulação da passagem dos carros.
4 P: estes semáforos não estão a funcionar como era suposto…
5 A: eiii professor, nós fizemos tudo direito, conforme o protocolo…
6 P: é possível, mas qual os passos que devem efectuar para descobrir o problema?
7 B: podemos ver se não houve nenhum erro nas ligações…
8 P: é esse o 1º passo?
9 A: não professor, 1º temos de confirmarse o esquema que temos esta correcto.
10 P: certo, e depois?
11 B: pois é, depois é que vamos ver as ligações.
12 P: e se ainda assim não descobrirem nada de errado?
13 C: ai temos de pegar no multímetro e medir os sinais que estão a chegar às entradas e saídas dos circuitos integrados e verificar se batem certo com o que deviam estar a fazer.
14 P: então já sabem por onde começar, mãos áobra.

15 P: então, já existe prognóstico?
16 A: o nosso esquema não tem erro, estivemos a confirmar as tabelas e os mapas de karnaugh e estão bem, e já simulamos no papel e está a funcionar correctamente.
17 P: indiquem então uma possível situação de trânsito e mostrem-me o que fizeram.
18 B: considerando carros nas faixas A e C, teríamos os sensores A e C a 1 e os restantes a 0.
19 C: comesses valores iriam sair 0 na and1 e and2, e 1 na or1 e and3, certo professor?
20 P: exacto, e a seguir?
21 A: esses valores entram na and4 e or2, que teriam na saída 1 e 0, colocando os semáforos norte-sul vermelho e os outros a verde.
22 P: exacto, fizerem direito, já verificaram as ligações?
23 A: já começamos, mas até agora tudo certo.
24 P: alguma coisa é, por isso, trabalhar até encontrar.…
25 B: professor, já encontramos… já está a dar.
26 P: então, qual era o problema?
27 B: o A tinha ligado mal a and4, enganou-se e não tinha ligado o fio da terra no pino 7 mas sim no 6.
28 P: e isso o que provocava?
29 A: se o pino da alimentação e da terra não estiverem os dois ligados o circuito integrado não funciona e na saída temos sempre 0, e isso vai dar sinal errado aos circuitosque recebem dados deste.
30 P: é isso mesmo. Então mostrem o circuito a funcionar.
31 P: exacto, agora já ninguém estraga o carro.
32 P: tratem de apontar tudo que fizeram para colocar no relatório.

Analisando o episodio acima apresentado verifica-se que se trata de uma disciplina onde a perspectiva formativa continua é acentuada, onde aprender com os próprios erros é algo natural. Osalunos são confrontados com um objectivo, que lhes foi fixado pelo professor, para o qual têm de encontrar solução, mas que sabem ser normal aparecerem obstáculos e que errar será um ponto de conhecimento (falas 4 e 5). Da parte do professor foi feita uma regulação interactiva do conhecimento, pois é perante o erro que ele intervém, ajudando a que os alunos através do conhecimento que possuem os possamultrapassar (falas 6 a 14). É neste diálogo que o professor obtém o feedback do conhecimento e capacidade dos alunos para ultrapassar barreiras e ao verificar que estes não estão no caminho mais correcto, sem lhes dar a resposta, coloca lhes uma questão que fomentou a capacidade destes em reorientar o trabalho no rumo certo (falas 15 a 30).

Vários autores defendem e é aceite que o modo de...
tracking img