Sociedade cooperativa

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1515 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO

O cooperativismo surgiu com o intuito de oposição as formas de sociedades existentes, através de um grupo de operários que queriam sair da miséria, originando a primeira cooperativa de consumo, que vendiam produtos de primeira necessidade. Já no Brasil, surgiu no final do século XIX, a fim de suprir as necessidades dos funcionários públicos e de produtores agrícolas. Nos dias atuaisessas cooperativas tem por finalidade, a ascensão econômica, dos cooperados.
Enfim, pode definir como instituições que proporcione cooperativas de produtores; cooperativas de consumo; cooperativas de crédito; cooperativas de trabalho; cooperativas habitacionais; cooperativas sociais, devendo seguir legislação especifica do código civil.

SURGIMENTO DO MOVIMENTO COOPERATIVISTA
Com o adventoda Revolução Industrial, surgiram vários problemas sociais e econômicos que prejudicaram principalmente a classe operária, inclusive mulheres e crianças, uma vez que eram obrigados a trabalharem 18 horas diárias, em condições sub-humanas, pagando absurdos pela alimentação, moradia e vestimenta.
Dessa forma um grupo de 28 operários da cidade Machester, na Inglaterra, em 1843 decidiu se unir paracriarem uma forma de sair da miséria. Dando origem a primeira cooperativa de consumo que recebeu o nome de Rochdale Equitable Pioneers/ Society Limited, que vendiam produtos de primeira necessidade, como manteiga, açúcar, farinha de trigo e de aveia, fumo e chá. Após 10 anos do início do funcionamento da cooperativa, haviam 1.400 membros.

COOPERATIVISMO NO BRASIL
No Brasil, o surgimento docooperativismo ocorreu no fim do século XIX. As cooperativas deram início nas regiões sul e sudeste, para suprir a necessidade de funcionários públicos e dos produtores agrícolas, proporcionando crédito rural a esses agricultores.
Com a crise do café, o governo Getúlio Vargas estimulou a criação de cooperativas com a elaboração da primeira lei que regulamentava e fiscalizava o seu funcionamento.
Noinício da década de 70, o cooperativismo se integrou na Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB). Foi anunciado o surgimento da Lei 5.764 em 1971 que, tinha como princípio regulamentar todas as cooperativas, de modo que elas fossem registradas no Conselho Nacional do Cooperativismo. E além disso, essa lei reconheceu a OCB como a representante do movimento cooperativista no país. Sendo que ocooperativismo era de controle estatal, e só iniciou a sua autogestão com o fim da ditadura militar.
Nos anos 80 o país enfrentou uma crise econômica, com a inflação exorbitante e planos monetários falidos que provocaram altos índices de desemprego. Com isso, houve uma decadência nas cooperativas agrárias. O governo, em 1998 criou o Serviço Nacional de Aprendizagem do cooperativismo (Sescoop), afim de profissionalizar a autogestão das cooperativas, proporcionando programas de formação, promoção social e monitoramento, em ações com cooperados, funcionários e também jovens, preparando-os para assumir a gestão do cooperativismo no futuro.

SOCIEDADES COOPERATIVAS
O cooperativismo surgiu com o intuito de fornecer vantagens comuns, a pessoas, ou a grupos de pessoas, que se uniram paragarantir a sobrevivência, perante situações desvantajosas de competição, com a ajuda de todos os cooperados. Outro ponto favorável ao cooperativismo, são a redução dos custos de produção, na condição dos prazos e preços, proporcionando um progresso social e o auxílio mútuo.
A Lei n. 5.764/71, em seu artigo 3º assim conceituou a sociedade cooperativa:
“Celebram contrato de sociedade cooperativa aspessoas que reciprocamente se obrigam a contribuir com bens ou serviços para o exercício de uma atividade econômica de proveito comum, sem objetivo de lucro.”
As sociedades cooperativas são formadas pela associação de pessoas físicas e jurídicas que tem a finalidade de estabelecer objetivos comuns, com intuito de beneficiar a todos, como também a comercialização de bens e serviços, produzidos...
tracking img