Sistemas operacionais

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1319 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Tipos de dados no SQL Server – Parte 1
sexta-feira, 21/12/2001 às 03h12, por Mauro Pichiliani
Galera,
esta semana vou falar um pouco sobre os tipos de dados básicos
que o SQL Server fornece para o armazenamento de informações.
Uma boa análise do tipo de dado para cada campo (também referenciado
como coluna da tabela) pode ser extremamente vantajosa, tanto
a nível de performance,escalabilidade, modelagem e tamanho
do banco de dados.
Antes
de começar, vou mostrar como podemos criar uma tabela através
da sintaxe básica da instrução SQL CREATE TABLE:
CREATE
TABLE table_name
(

nome_campo tipo_dado [[NOT] NULL] ,

nome_campo1 tipo_dado [[NOT] NULL] ,

nome_campo2 tipo_dado [[NOT] NULL] ,

nome_campo3 tipo_dado [[NOT] NULL] ,

)
A
instrução CREATE TABLE possui maisopções, porém a sintaxe
básica que eu apresentei aqui está no padrão ANSI e pode ser
utilizada para criar tabelas em outros bancos de dados como
o Oracle, MySQL, DB, etc. Um exemplo de criação de uma tabela
com dois campos:
CREATE
TABLE Exemplo1
(

codigo INT NOT NULL ,

nome CHAR(30) NULL
)

A
tabela chamada Exemplo1 foi criada com dois campos: codigo,
do tipo INT e nome do tipoCHAR(30). Junto com o tipo de dados,
devemos especificar se este campo permite ou não seu preenchimento
com NULO (nulabilidade), que quer dizer ausência de dados.
Se não especificarmos nada para o campo, por padrão o campo
irá aceitar valores NULL.
Abaixo
segue uma relação dos tipos de dados básicos do SQL Server,
sendo que os tipos que estiverem marcados com 
* somente funcionam apartir do SQL Server 2000
TINYINT:
Valores numéricos inteiros variando de 0 até 256
SMALLINT:
Valores numéricos inteiros variando de –32.768 até 32.767
INT:
Valores numéricos inteiros variando de -2.147.483.648 até
2.147.483.647
*
BIGINT: Valores numéricos inteiros
variando de –92.23.372.036.854.775.808 até 9.223.372.036.854.775.807
BIT:
Somente pode assumir os valores 0 ou 1. Utilizadopara armazenar
valores lógicos.
DECIMAL(I,D)
e NUMERIC(I,D): Armazenam valores numéricos inteiros
com casas decimais utilizando precisão. I deve ser
substituído pela quantidade de dígitos total do número e D
deve ser substituído pela quantidade de dígitos da parte decimal
(após a vírgula). DECIMAL e NUMERIC possuem a mesma funcionalidade,
porém DECIMAL faz parte do padrão ANSI e NUMERIC émantido
por compatibilidade. Por exemplo, DECIMAL(8,2) armazena valores
numéricos decimais variando de – 999999,99 até 999999,99
Lembrando
sempre que o SQL Server internamente armazena o separador
decimal como ponto (.) e o separador de milhar como vírgula
(,). Essas configurações INDEPENDEM de como o Windows está
configurado no painel de controle e para DECIMAL E NUMERIC,
somente oseparador decimal (.) é armazenado
SMALLMONEY:
Valores numéricos decimais variando de -214.748,3648 até
214.748,3647
MONEY:
Valores numéricos decimais variando de -922.337.203.685.477,5808
até 922.337.203.685.477,5807
REAL:
Valores
numéricos aproximados com precisão de ponto flutuante, indo
de
-3.40E
+ 38<span
 lang=PT-BR> até 3.40E + 38</span
FLOAT:
Valores numéricosaproximados com precisão de ponto flutuante,
indo de
-1.79E
+ 308<span
 lang=PT-BR> até 1.79E + 308</span
SMALLDATETIME: Armazena hora e data variando de 1 de janeiro de 1900 até 6 de junho
de 2079. A precisão de hora é armazenada até os segundos.
DATETIME:
Armazena hora e data variando de 1 de janeiro de 1753 até
31 de Dezembro de 9999. A precisão de hora é armazenada até
os centésimosde segundos.
CHAR(N):
Armazena N caracteres fixos (até 8.000) no formato não Unicode.
Se a quantidade de caracteres armazenada no campo for menor
que o tamanho total especificado em N, o resto do campo é
preenchido com espaços em branco.
VARCHAR(N):
Armazena N caracteres (até 8.000) no formato não Unicode.
Se a quantidade de caracteres armazenada no campo for menor
que o tamanho total...
tracking img