Sistemas hidraulicos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3524 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Introdução à Hidráulica

Experiências têm mostrado que a hidráulica vem se destacando e ganhando espaço como meio de transmissão de energia nos mais variados segmentos de mercado.
Para um conhecimento detalhado e estudo da hidráulica, vamos inicialmente entender o termo hidráulica.
A palavra hidráulica provém do grego (“hydra”, que significa água, e “aulos”, que significa cano). A hidráulicaconsiste no estudo das características e usos dos fluidos confinados.
Atualmente, podemos dizer que hidráulica é a ciência que estuda o comportamento da água e de outros líquidos, quer em repouso (hidrostática), quer em movimento (hidrodinâmica) e mecânica dos fluidos é a ciência que trata dos problemas relativos a líquidos e gases.
Desde o início de sua existência, o homem serviu-se dos fluidospara facilitar seu trabalho e, enfim, sua vida. A história antiga registra que dispositivos engenhosos, como bombas e rodas d’água, já eram conhecidos desde épocas remotas. Entretanto, só no século XVII, o ramo da hidráulica que nos interessa foi utilizado.
Fluido é uma substância que não apresenta forma própria e estando em repouso não resiste a esforços tangenciais por menores que estes seapresentem, o que equivale a dizer que a mesma se deforma continuamente. Os líquidos e os gases são considerados fluidos.
No caso da disciplina de sistemas hidráulicos, fluido refere-se ao líquido (óleo) utilizado como meio de transmitir energia.
O fluido hidráulico (óleo) tem quatro funções primárias:
# Transmitir energia (transmitir/multiplicar força);
# Lubrificar peças móveis;
# Vedar folgasentre as peças;
# Resfriar ou dissipar calor.
Na seleção do fluido hidráulico (óleo), deve-se verificar, inicialmente, as condições a que o mesmo será submetido e o tipo de sistema em que será usado.
Outras qualidades do fluido hidráulico são exigidas tais como: prevenir a formação de ferrugem, do lodo, goma e verniz; diminuir a formação de espuma; manter o índice de viscosidade relativamenteestável, numa faixa larga de variações de temperatura; separar-se da água; ser compatível com vedadores e gaxetas; manter sua estabilidade e reduzir o custo de substituição.

Comparação com Sistemas Pneumáticos
Os sistemas hidráulicos possuem um controle de força (pressão) e velocidade (vazão) mais apurado do que os sistemas pneumáticos, além de poderem trabalhar em pressões bem mais elevadas,possibilitando assim uma transmissão de potência maior. Perdem apenas em custo, onde os sistemas pneumáticos apresentam um investimento menor.
Princípios Básicos Fundamentais

Força (F)
Força é o agente físico capaz de mudar o estado de inércia de um corpo.
F= m.a
F= Força aplicada (N);
m= Massa do corpo que recebe a força (kg);
a= Aceleração a que o corpo é submetido em decorrência destaforça (m/s²).
Lembrando que: 1 kgf = 9,81 N

Massa Específica ou Densidade (ρ)
A massa específica ou densidade absoluta de um material homogêneo é definida como sua massa por unidade de volume.
ρ=m/v
ρ= Massa específica da substância (kg/m³ ou g/cm³);
m= Massa da substância (kg);
v= Volume da substância (m³).

Peso Específico (()
O peso específico de um material homogêneo é definidocomo o seu peso por unidade de volume.
(= G/V
(= Peso específico (kgf/m³ ou N/m³);
G= Peso (kgf ou N);
V= Volume (m³).
Pode-se então deduzir uma relação entre peso específico e massa específica:
(= G/V G= m.g
(= m.g/V (= ρ.g

Peso Específico Relativo ((r)
É a relação entre o peso específico de uma substância e o peso específico da água em condiçõespadrões. Adotaremos (H2O= 1.000 kgf/m³.
Exemplo: O peso específico relativo de uma substância é 0,5. Qual será o seu peso específico?
(r = (/ (H2O (= (r x (H2O (= 0,5 x 1.000kgf/m³ ( = 500 kgf/m³




Estática dos Fluidos

Hidrostática é o ramo da Física que estuda as propriedades relacionadas aos líquidos em equilíbrio estático; tais propriedades podem...
tracking img