Sintese do livro preconceito linguistico

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1098 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE







SÍNTESE: PRECONCEITO LINGÜÍSTICO











Recife,2007


APRESENTAÇÃO




Nesta síntese fazemos uma critica plausiva as denuncias de preconceitos relatados pelo autor do Livro Preconceito Lingüístico. Em numeras vezes concordamos e reforçamos suas colocações, não citamos os dados estatísticos, pois no dia-a-dia é apresentado nos meios decomunicação às vezes não queremos enxergar, ou somos levados a aceitar está forma da língua portuguesa.

Acreditamos que esta verdade deve ser demonstrada sem mascaras e interesses ocultos, mas com foco na realidade e experiência individual de cada um de nós.

Vamos discorrer neste resumo um pouco dessa confusão de conceitos nos levando a refletir, como é que a solução pode ser contestada.SINTESE


O nome do livro Preconceito: “conceito formado antecipadamente antecipadamente, sem a maior ponderação ou conhecimento dos fatos, uma idéia preconcebida, julgamento ou opinião formado sem levar em consideração fatos que os contestes.”AURELIO.2007. Lingüístico: “É a ciência da linguagem, da gramática das diferentes línguas, de sua historia, bem com a aplicação dos resultadosobtidos na sua solução de problemas práticos.” AURELIO. 2007.
Os brasileiros são pessoas iguais culturalmente e linguisticamente. Essa Teoria de Darcy Ribeiro nos remete a refletir que estamos vendo uma contrariedade neste fato, tendo em vista que os regionalismos encontrados em cada canto do país nos da uma pluralidade na fala impactando também a escrita.
Como estabelecer um padrão se grandeparte da população não tem acesso ao mínimo da Educação básica, para se desenvolver como analfabetos funcionais. Que padrão é este que apenas algumas pessoas têm acesso ao conhecimento.
A língua é um enorme iceberg, flutuando mar do tempo e a gramática normativa é a tentativa de descrever apenas uma parcela mais visível de uma pequena poça de água.
Levados pela influencia dos meios de comunicação,nos tendenciamos a modimos, da sociedade onde temos que determinar o que é certo ou errado deixando de mãos nossos referenciais e origens.

Os falantes da variedade, não-padrão, precisam ter o seu espaço na sociedade para o aprendizado, de uma unidade lingüística que é bastante volátil.
Não observamos embasamentos cientifico que comprovem a ramificação de um povo mais inteligente. Tudo queconquistamos foi adquirido, por mérito nosso, nem mesmo os que querem dizer que a nossa língua deve ser fruto de referencia de grandes escritores, podem confirmar isto afinal teorias do século passado são mencionadas até hoje, ou, esmagadas pela modernidade atual.

Falando do português de Portugal, o que vamos declarar? Quando todos querem digerir o que nos é imposto a cada momento que dizemos somosúnicos assim, porque o português é mais difícil que o inglês. Pela forma como encher gamos a língua ou pelo o status mundial que a língua inglesa reproduz e a necessidade de dizer eu preciso eu quero.
Viver num pais que é 92 vezes maior que Portugal e a nossa população é quase 15 vezes superior, ora por favor, não existe status proporcional.
Nos brasileiros buscamos dizer aquilo que vivemos nãoexiste mistério. Por que intitular tantos conceitos e regras se na prática não utilizamos. Porém estamos convencionados através do marketing que temos que aprender a norma culta, ou estamos totalmente fora do contexto atual.

É impressionante como nem mesmo os gramáticos conhecem nossas origens e até das próprias palavras onde ele tem o referencial para sua regra.
Como pode as regiões deste paísdisseminar o preconceito umas com as outras. Não valorizando a diferença e ao mesmo tempo a importância que o seu irmão de Pátria representa para o país e mundo. Se um estado brasileiro é o representante anfitrião desta língua, quais seriam os critérios da seleção, o desenvolvimento do estado; Os índices zero de evasão escolar; a população 100% alfabetizada. Não basta apenas uma pessoa...
tracking img